Em Blu-ray e DVD: ‘Wolverine – Imortal’ (The Wolverine)

the-wolverine
Wolverine – Imortal (FOTO: Fox/divulgação)

 

Wolverine – Imortal (The Wolverine, 2013) de James Mangold

O filme: trama acontece após os eventos de X-Men: O Confronto Final (2006) e mostra o mutante vivendo como um eremita e deprimido após se ver obrigado a matar Jean Grey (Famke Janssen).

Mas um rosto do passado ressurge na vida do recluso Logan (Hugh Jackman), forçando-o a viajar em direção ao Japão. Uma vez no oriente, o herói errante tem uma nova chance de amar alguém novamente e recomeçar a vida. Porém, uma nova ameaça mutante e a máfia japonesa o faz entrar em ação e o obriga a assumir de novo a identidade de Wolverine.

Porque assistir: para esquecer o filme-solo anterior de Logan/Wolverine, essa nova obra é uma adaptação da de HQ´s “Eu, Wolverine”, que leva o herói até o Japão para misturar o passado e o presente e uma novo futuro para o mutante. Além dele, temos de aplaudir a estreante Rila Fukushima, viva e pulsante no papel complicado de Yukio.

Hugh Jackman, como sempre, é puro carisma na pela de Logan/Wolverine. Hoje, inclusive, é impossível dissociar o personagem do ator que o interpreta no cinema. E claro, o tom irônico e sempre forte, resiste e cativa o espectador.

Wolverine - Imortal
Wolverine – Imortal (FOTO: Fox/divulgação)

Melhores momentos: a cena inicial da explosão da bomba nuclear no Japão é sensacional; a vulnerabilidade do herói é bem explorada e em todos os confrontos a violência parece ser bem real. Até em seu romance ele se sai bem, deixando o herói ainda mais próximo da humanidade.

Pontos fracos: a sequência de ação no trem soa um tanto exagerada e o confronto final é eficiente, mas poderia ser mais explosivo; as constantes aparições de Jean Grey;

Na prateleira da sua casa: para tirar a sensação morna de X-Men Origens: Wolverine (2009), filme solo anterior do mais imortal dos X-Men, essa nova obra com Wolverine vale mais que completar a sua coleção dos mutantes, é um filme colecionável e que diverte muito bem.

Diretor versátil, James Mangold assina com categoria do western (Os Indomáveis, 2007) a biografia musical (Johnny & June, 2005), do drama policial (Cop Land, 1997) ao drama médico (Garota, Interrompida, 1999), do suspense psicológico (Identidade, 2003) a comédia romântica (Kate & Leopold, 2001). E com um filme de super-herói também se sai bem e entrega uma obra que tem aventura, boas cenas de ação, tensão e até um pouco de romance.

Termo vetor - segunda versão - DEITADA - 8

Wolverine - Imortal
“Wolverine – Imortal” e suas edições no Brasil (FOTO: Fox/divulgação)

Versões e Extras:

Edição de Colecionador Wolverine – Imortal (Blu-ray 3D + Blu-ray duplo)
· Blu-ray Versão de Cinema
· O caminho de um Ronin;
· Trailer de cinema;
· Final alternativo;
· X-Men: Dias de um Futuro Esquecido: Passeio pelo set;
· Blu-ray Versão Estendida
· Comentário em áudio do diretor;
· Blu-ray 3D

Blu-ray Wolverine Imortal
· O caminho de um Ronin
· Trailer
· Final alternativo
· X-Men: Dias de um Futuro Esquecido: Passeio pelo set

DVD Wolverine Imortal
· O caminho de um Ronin
· Inspiração: a jornada de um Ronin
· Trailer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *