Um Tira da Pesada: como está o elenco 30 anos depois da estreia em 30 curiosidades

Um Tira da Pesada
Eddie Murphy, Judge Reinhold e John Ashton – em 1984 e 30 anos depois (Foto: Paramount)

1. Bilheteria: foi o filme mais visto nos EUA em 1984, arrecadando U$ 234,3 milhões. No mercado internacional também foi considerado um grande sucesso para a época, com U$ 81,6 milhões em caixa.

2. Estreia: o filme teve sua premiére em Los Angeles no dia 1º de dezembro de 1984 e aberto ao público em 5 de dezembro de 1984.

3. Três meses depois: no Brasil a fita estrou apenas no dia 8 de março de 1985.

EX-FUTUROS
Axel Foley quase foi Mickey Rourke, depois Stallone – em 1984 e em 2014, quanta diferença (Foto: divulgação)

4. O escolhido? A primeira opção dos produtores para Axel Foley era Mickey Rourke, mas as negociações não avançaram. O estúdio fechou com Sylvester Stallone, mas duas semanas antes das filmagens ele desistiu e o papel caiu no colo de Eddie Murphy.

5. Novinho: Eddie Murphy só tinha 23 anos quando estrelou a comédia policial.

6. História: a revista Empire considera Axel Foley um dos 100 melhores personagens do cinema de todos os tempos.

7. Direção: o filme foi oferecido ao diretor David Cronemberg, que recusou. Martin Brest assumiu a empreitada.

Martin Brest
O diretor Martin Brest fez uma ponta no filme. 30 anos depois está recluso com fracassos sucessivos (Foto: divulgação)

8. Sorte: ao receber a oferta do projeto, Martin Brest assumiu a direção devido a sorte. Ele lançou uma moedinha para determinar se ele aceitaria ou não. A moeda de U$ 25 cents está agora enquadrada em sua parede.

9. Cameo: Martin Brest faz uma pequena participação como um atendente de hotel.

10. Reconhecimento: a fita concorreu ao Globo de Ouro de melhor filme (comédia ou musical) e ator (Eddie Murphy).

11. Academia: no Oscar, foi indicado ao prêmio de melhor roteiro original.

Gilbert R. Hill
Gilbert R. Hill virou presidente do Conselho Municipal da Cidade de Detroit (Foto: divulgação)

12. Tira de verdade: o Inspetor Todd – chefe de Folley, interpretado por Gilbert R. Hill era detetive de verdade na época. Ele trabalhava no Departamento de Homicídios de Detroit. Após sua atuação foi promovido e virou presidente do Conselho Municipal da Cidade.

13. 1977: o roteirista Danilo Bach terminou o primeiro tratamento do roteiro em 1977, seis anos antes do começo da produção. O roteiro final é assinado em parceria com Daniel Petrie Jr.

Glenn Frey
Glenn Frey em 1984 e 30 anos depois: the heat is on?

14. Script: em 1977, o personagem principal se chamava Axel Elly. O título no script era Beverly Drive. O filme acabou por ser batizado de Beverly Hills Cop.

15. Mudanças: a trama passou por várias mudanças no desenvolvimento . Inicialmente, tratava-se de um policial de Los Angeles que foi transferido para Beverly Hills. Antes da filmagem a história evoluiu a que conhecemos hoje.

Harold Faltermeyer
Harold Faltermeyer ganhou até Grammy e 30 anos depois vive numa boa

16. Trilha sonora: seja instrumental ou a canção, sua trilha sonora foi um grande sucesso, atingindo a posição de #1 da Billboard. O tema “Axel F” deu a Harold Faltermeyer o Grammy de melhor trilha. Sua canção (“The heat is on” – Glenn Frey) foi a canção #2 do ano.

17. Camisa: Mumford, uma escola de Detroit, chegou a receber milhares de pedidos da camiseta que Murphy usa na fita.

Beverly-Hills-Cop
Camisa de Munford: sucesso de vendas

18. GPS: o filme utilizou uma tecnologia avançada para a época. Numa cena vê-se Axel e Rosewood rastreados através de um dispositivo GPS, o que não se tornou comercialmente disponível até os anos 1990.

19. Game: o jogo Beverly Hills Cop (título original do filme) foi lançado para PlayStation 2 em 2006 pela Blast Entertainment, reunindo algumas das passagens mais marcantes da trilogia.

Bronson Pinchot
Bronson Pinchot é o eterno Serge de Um Tira da Pesada

20. Serge: Sucesso no Brasil na série de TV Primo Cruzado (1986~1993), Bronson Pinchot fez muito sucesso como o especialista em artes afeminado Serge, que adapta o nome de Axel Foley de uma maneira bem divertida. Ele não participou da primeira continuação (1987), mas fez novamente uma ponta divertia no terceiro (1994).

21. Títulos: no Brasil recebeu o título de “Um Tira da Pesada”. Em Portugal, o filme recebeu o título de “O Caça Polícias“, no Peru, Argentina, Uruguai e México, “Um Detetive Solto em Hollywood”, na Espanha, “Superdetetive em Hollywood”.

Damon Wayans
30 anos depois das bananas, Damon Wayans virou um sucesso na TV

22. Bananas: Damon Wayans – da série Eu, A Patroa e as Crianças – fez uma ponta ao interpretar o rapaz que entrega as bananas para Axel sabotar o carro dos policiais.

23. Improviso: a maioria das cenas de Eddie Murphy com a dupla de Bervely Hills, Judge Reinhold e John Ashton foram de puro improviso.

24. Álcool: durante as filmagens de uma sequência no Departamento de Polícia, Eddie Murphy se sentiu bastante cansado e acabou bebendo álcool. O resultado foi um monólogo de Murphy.

25. Recorde: durante 20 anos, Um Tira da Pesada foi a maior bilheteria entre os filmes com censura 18 anos (R ou Restrict nos EUA), desbancado apenas por A Paixão de Cristo, em 2004.

26. 1987: os dois últimos países que a fita estreou foram na Alemanha (Ocidental, na época) e Hungria, em 1987, após a estreia de sua continuação nos EUA.

Paul Reiser
Paul Reiser sempre foi de comédia, e é lembrado 30 anos depois

27. Participação: o comediante Paul Reiser – da série de TV Mad About You (1992~1999) – tem um papel no primeiro e segundo longas como o policial Jeffrey Friedman.

28. Dinheiro: a trilogia arrecadou um total de U$ 735.5 milhões de dólares nas bilheterias em todo o mundo.

29. Trilogia: seguido de duas continuações, Um Tira da Pesada II (1987) – grande sucesso – e Um Tira da Pesada III (1994), um fracasso moderado.

30. 2016: cotado para virar uma série de TV em 2014 – com direito até a um piloto, a fita ganhará uma nova continuação, claro, com Eddie Murphy, agora sob a direção de Brett Ratner. O reencontro já tem data maraca no cinema: 25 de março de 2016.

Agora, pode subir o som:

[uol video=”http://mais.uol.com.br/view/15300750″]

'