Crítica: “Doentes de Amor” é mais dramático que engraçado, mais familiar que romântico

Doentes de Amor (The Big Sick, 2017) de Michael Showalter Imagine que uma história de vida sua será transformada em filme e você será o ator que interpreta a si próprio ao lado de atores profissionais encenando personagens reais que fazem parte da sua vida. Isso acontece com Kumail Nanjiani…