Sem Perdão (Dead Man Down)

SEM PERDAO (2013)
Sem Perdão (2013) já está nas locadoras (FOTO: Califórnia Filmes)

Sem Perdão (Dead Man Down, 2013) de Niels Arden Oplev

O filme: uma trama que brinca de quebra-cabeça e se passa no submundo do crime de Nova York.

As peças são Victor (Colin Farrell), um homem violento sem nada a perder, que trabalha para Alphonse (Terrence Howard), um mafioso nova-iorquino, Beatrice (Noomi Rapace), vítima de um acidente de carro (e vizinha de janela de Victor) e uma família de assassinos que faz trabalhos para Alphonse.

No enredo, duas tramas de vinganças que se cruzam entre chantagens e um plano mirabolante que une sequestro, terror psicológico, mensagens cifradas, assassinato e amor.

Porque assistir: um thriller de tensão crescente e de trama inteligentemente intrincada.

O elenco de apoio é espetacular (Terrence Howard, Armand Assante, Domic Cooper, F. Murray Abraham e Isabelle Hupert) e as atuações de Colin Farrell e Noomi Rapace são precisamente contidas.

dead-man-down-movie
Sem Perdão (2013) já está nas locadoras (FOTO: Califórnia Filmes)

Melhores momentos: os “encontros” de Rapace e Farrell, com intenções sempre imprevisíveis e desfechos idem.

Sequência de ação que envolve Colin Farrell de atirador de elite, mais mortes pelo caminho e uma fuga espetacular, com direito a um afago.

Pontos fracos: dois momentos de exagero – que não cabem no filme. Primeiro, o ser “monstruoso” de Rapace, que não é tão monstruoso assim. Na verdade beira o comum, em se tratando de cicatrizes. Segundo, a sequência final – onde se resolve (quase) tudo na bala, que não condiz com sua trama, conduzida engenhosamente até então.

Na prateleira da sua casa: bom filme do competente diretor dinamarquês Niels Arden Oplev, que estreia numa produção (de médio orçamento) americana. Sua credencial é Os Homens Que Não Amavam as Mulheres (2009), o original sueco com a mesma Noomi Rapace.

Trama bem urdida, condução eficaz, atuação exata da dupla de protagonistas  e resultado acima da média.

Termo vetor   segunda versão   DEITADA   8