Remake #8: ‘Lendas da Paixão’ (1994)

[tribuna-veja-tambem id=”5052″ align=”alignleft”]Há 20 anos atrás, Brad Pitt estava no auge. Não que hoje o astro esteja num momento menor, mas diferente. Hoje é ator respeitável e produtor premiado com o Oscar, mas quando surgiu para Hollywood no início dos anos 90, era mais um rostinho bonito querendo se destacar.

E 1994 foi o ano que o transformou em astro internacional. Um mês depois de ‘Entrevista como Vampiro’ estrear – em que dividia as atenções com Tom Cruise, Brad Pitt se encontrou no papel que ratificou sua condição de símbolo sexual: ‘Lendas da Paixão(Legends of the Fall). Uma produção que não tinha como dar errado. Ar de western, pano de fundo na 1º Guerra Mundial e drama familiar como tema secundário do romance proibido entre o irmão selvagem (Pitt) e a noiva (Julia Ormond) do irmão mais jovem (Henry Thomas).

No elenco um respeitável vencedor do Oscar – Anthony Hopkins – e o confiável Aidan Quinn, e atrás das câmeras um diretor que vive uma eterna busca do reconhecimento artístico – Edward Zwick. Ao custo de apenas U$ 30 milhões de dólares, o resultado final foi uma bela produção, que levou o Oscar de melhor fotografia e amealhou mais de U$ 160 milhões de dólares nas bilheterias mundiais. Mas como seria sua refilmagem hoje? A coluna ‘Remake’ reimaginou a obra e escalou diretor e elenco novo para a obra.

REMAKE-8