Remake #5: ‘Ghost – Do Outro Lado da Vida’ (Ghost, 1990)

[tribuna-veja-tambem id=”4876″ align=”alignleft”]

Era 1990 e uma fita sobre um amor de uma fantasma conquistava o mundo. Uma bela história de amor, que desencadeou uma série de filmes com/sobre fantasmas em Hollywood nos anos seguintes. Patrick Swayze, que após Dirty Dancing (1987) fez filmes de ação meia-boca, chegou ao auge. Demi Moore virou estrela e Whoopi Goldberg “a comediante” (apresentou até a entrega do Oscar depois).

O romance estreou em poucas salas, mas com sessões sempre cheias. Após duas das grandes apostas do estúdio Paramount fracassarem (Dias de Trovão; e A Chave do Enigma), Ghost (1990) ganhou mais salas de exibição. Ao final da temporada foi o 2º filme mais visto dos EUA, com $ 217 milhões de dólares, e arrecadou outros $ 288 milhões nos outros mercados (para um impressionante total de $ 505,7 milhões de dólares).

Para coroar o belo romance, disputou ainda o Oscar de melhor filme e ganhou duas estatuetas: melhor roteiro original e atriz coadjuvante para Whoopi Goldberg, o fator cômico da trama. A fita, muito bem conduzida por Jerry Zucker, ainda tem um toque nostálgico, ao acrescentar com destaque uma música de 1955, Unchained Melody.

Mas em 2014, como seria uma suposta refilmagem de Ghost – Do Outro Lado da Vida (1990)? Confira as escolhas da ‘Coluna Remake’ #5:

REMAKE5