Remake #25: Gladiador (Gladiator, 2000)

Não é muito comum um filme que estreou na primeira metade do ano anterior, conquistar o Oscar no ano seguinte. Mas no caso de “Gladiador” (Gladiator, 2000), a exceção é justificada. Um épico com trama recheada de ação, uma história de vingança poética e que fez do australiano Russell Crowe um astro internacional. Grande sucesso de bilheteria de 2000, foi o 4º filme mais visto do ano (U$ 187,7 milhões nos EUA; U$ 269,9 milhões nos outros países para um total de U$ 457,6 milhões no mundo todo) para uma superprodução arrebatadora.

O filme de Ridley Scott sairia da festa da Academia com cinco estatuetas: melhor filme, ator (Russel Crowe), figurino, som e efeitos visuais. Pouco antes a produção havia ganhou o Globo de Ouro de melhor filme (drama) e trilha sonora original. Porém seu diretor, reconhecido por sua técnica e grandes filmes como Alien: O Oitavo Passageiro (1979), Blade Runner (1982) e Thelma & Louise (1991), colecionaria mais uma indicação ao Oscar, contudo sem premiação ao final.

Ma afinal como seria um novo Gladiator mais de 15 após a sua estreia? Quem calçaria as sandálias de Russel Crowe, quem seria o substituto ideal para o vilanesco Joaquim Phoenix, além do Imperador Marcus Aurélios, entre outros personagens e seu novo diretor? O Clube Cinema revela agora como seria, uma suposta refilmagem da aventura arrebatadora.

'