Ralph Macchio: o eterno Karate Kid

trilogia Karate Kid
Trilogia Karate Kid (FOTO: Sony/divulgação)

 

Ralph Macchio é o eterno Karate Kid. Apesar de uma carreira com outros 44 créditos como ator em filmes para o cinema ou TV, séries de televisão, dublagens e outros programas/especiais, o americano de 52 anos (completos neste dia 04/11) está marcado na história do cinema por interpretar o jovem Daniel LaRusso. E por três vezes.

O original, Karate Kid – A Hora da Verdade (The Karate Kid, 1984) de John G. Avildsen, estreou em 22 de junho de 1984 e rendeu pouco mais de U$ 90 milhões, se tornando o 5º filme mais visto daquela temporada. Pat Morita,  o fantástico intérprete do Sr. Miyagi, recebeu uma louvável indicação ao Oscar e Globo de Ouro de coadjuvante.

Com tamanho sucesso, uma continuação foi inevitável. Karate Kid II – A Hora da Verdade Continua (The Karate Kid Part II, 1986) de John G. Avildsen, transportou a história para o oriente e transformou de vez Ralph Macchio em estrela. No caixa mais U$ 115 milhões (4º filme mais visto do ano) e uma indicação ao Oscar de melhor canção (“Glory of Love”).

Ralph Machhio ficou tão estigmatizado com o papel, que depois do segundo filme estrelou apenas outro em 1988, o fracassado Distant Thunder… E ai teve de voltar ao papel de LaRusso para um terceiro filme: Karate Kid III – O Desafio Final (The Karate Kid Part III, 1989) de John G. Avildsen. O resultado foi bem irregular, tanto em teor artístico quanto em bilheteria, pouco mais de  U$ 38 milhões.

Sumido das grandes produções, seus últimos bons papéis foram na cinebio Hitchcock (2012) ele faz o roteirista de Psicose; um jovem preso que é socorrido pelo “primo Vinny” Joe Pesci e sua namorada, Marisa Tomei, em Meu Primo Vinny (1993) e Encruzilhada (1986), este último produzido entre o primeiro e o segundo Karate Kid. Antes de protagonizar seu mais importante papel, foi um dos garotos descobertos por Francis Ford Coppola em Vidas Sem Rumo (1983).

ralph_macchio
Ralph Macchio: nos anos 80 e em 2013