PARA SEMPRE
Para Sempre (FOTO: Sony/divulgação)

Para Sempre (The Vow, 2012) de Michael Sucsy

O filme: o melodrama romântico reconta a história real de um casal americano (Channing Tatum e Rachel McAdams) que, após sofrer um acidente de carro tem de conviver com o seguinte problema: a esposa não lembra nada. Nem que está casada, nem quem é o marido, muito menos que o ama… O grande mote da obra é que agora o marido tem de reconquistar a própria esposa.

Porque assistir: indicado para os românticos de plantão que se contentam com um romancezinho água com açúcar extremamente previsível.

Melhores momentos: esqueci, igual a protagonista. Talvez quando se encontram pela primeira vez. E só.

Pontos fracos: o resultado é algo digno de novela das seis, sem emoção ou sensibilidade. O casal, Channing Tatum e Rachel McAdams, é fofo, mas sem química ou timming nenhum, algo essencial para uma história de amor no mínimo bonitinha.

Lamento também a presença dos talentosos (e veteranos) Sam Neill e Jessica Lange nos papéis de pais controladores da desmemoriada McAdams

Na prateleira da sua casa: um filme fácil de esquecer, sem trocadilhos. Apenas para as adocicadas e românticas fervorosas.

Termo vetor - segunda versão - DEITADA - 5

'