Nicholas Sparks: o rei do xarope

O escritor americano Nicholas Sparks é o rei do xarope, da literatura ao cinema. Com público-alvo fiel, seus livros tem uma elevada média de vendas, que são tiro um certo para o cinema. Suas tramas sempre trazem paixões avassaladoras e romances de risco, com alguém morrendo de amor da forma mais açucarada possível. É mestre em fazer o leitor/espectador chorar lágrimas de açúcar, de substrato sempre muito doce (e grudento).

Já são oito romances adaptados para a tela grande, sempre com bons resultados na bilheteria. De todos eles reconheço em Diário de uma Paixão (The Notebook, 2004) uma obra genuinamente bela. Um romance tão lindo que só a morte é possível de acabá-lo.

Sua última produção adaptada, Um Porto Seguro (Safe Haven, 2013) chega em junho às locadoras, bem a tempo dos casais assistirem juntinhos no mês dos namorados. Na trama, a misteriosa Katie (Julianne Hough) muda-se à uma pequena cidade americana. De passado misterioso, evita ao máximo maior intimidade com os locais. Até conhecer o viúvo – e pai de dois filhos – Alex (Josh Duhamel) e a sincera Jo (Cobie Smulders). A direção é de Lasse Hallstrom, indicado ao Oscar por Regras da Vida (1999) e Minha Vida de Cachorro (1985) – Oscar de filme estrangeiro.

http://www.youtube.com/watch?v=hXLprVZi2hQ

Outras adaptações de Nicholas Sparks (e haja choro):

Uma Carta de Amor (Message in a Bottle, 1999) de Luis Mandoki. Com Kevin Costner e Robin Wright Penn. Uma mulher descobre uma carta de amor trágico em uma garrafa em uma praia, e está determinada a rastrear o seu autor.

Um Amor para Recordar (A Walk to Remember, 2002) de Adam Shankman. Com Mandy Moore e Shane West. Dois adolescentes se metem em problemas e são forçados a cumprir serviços comunitários. Durante a pena, se apaixonam.

Noites de Tormenta (Nights in Rodanthe, 2008) de George C. Wolfe. Com Richard Gere e Diane Lane. Um médico que está viajando para ver seu filho, pára uma noite numa pousada em Rodhante e lá se envolve com uma mulher desiludida com o amor.

Querido John (Dear John, 2010) de Lasse Hallstrom. Com Channing Tatum e Amanda Seyfried. Um soldado de licença da Guerra do Iraque se apaixona por uma estudante universitária conservadora.

A Última Música (The Last Song, 2010) de Julie Ann Rbinson. Com Miley Cyrus, Bobby Colleman e Greg Kinnear. Mão envia uma garota rebelde para uma cidade de praia do Sul para passar o verão com seu pai. Através de seu amor mútuo pela música, o dois voltam a se afinar. Uma paixão aparece para deixar o verão ainda mais bonito.

Um Homem de Sorte (The Luck One, 2012) de Scott Hicks. Com Zack Efron e Taylor Shilling. Fuzileiro naval viaja para a Louisiana depois de cumprir três anos no Iraque. Lá procura uma mulher desconhecida que ele acredita ser seu amuleto da sorte durante a guerra.

Rei-do-xarope---final