O melhor e o pior de Mickey Rourke

Mickey Rourke completa 61 primaveras neste dia 16 de setembro. Para comemorar elaboro duas listas, uma com os cinco melhores e outra com os cinco piores filmes estreladas pelo ator nova-iorquino. Vamos nessa:

Top:

5. 9 ½ Semana de Amor (9 ½ Weeks, 1986) de Adrian Lyne: transformou Rourke em símbolo sexual. Destaque para as cenas quentes com Kim Basinger, como as inesquecíveis sequências da geladeira e o striptease.

4. Barfly – Condenados pelo Vício (Barfly, 1987) de Barbet Schroeder: notável interpretação de um errante escritor que se afunda da bebida na companhia de Faye Dunaway. Ele é a mosca de bar do título original.

Barfly
‘Barfly – Condenados pelo Vício’ (1987)

3. O Selvagem da Motocicleta (Rumble Fish, 1983) de Francis Ford Coppola: Rourke é um lendário motoqueiro que retorna à sua antiga gangue, agora liderada por seu irmão, Matt Dillon. Obra bela e violenta.

Mickey-Rourke-in-Rumble-Fish
‘O Selvagem da Motocicleta’ (1983)

2. Coração Satânico (Angel Heart, 1987) de Alan Parker: uma viagem ao subconsciente com escala no inferno, com os olhos bem abertos. Perturbador e sensacional.

1. O Lutador (The Wrestler, 2009) de Darren Aronofsky: vencedor do Globo de Ouro de melhor ator e indicado ao Oscar de melhor ator, Rourke, em carne viva, transpira e espelha sua própria vida no papel de um lutador que atingiu o auge nos anos 80 e pretende retomar a carreira a qualquer custo.

the-wrestler
‘O Lutador’ (2009)

Trash:

5. Homeboy – Chance de Vencer (Homeboy, 1988): tentativa frustrada de Rourke repetir algo entre Rocky, Um Lutador (1976) e Touro Indomável (1980). Amante do boxe, o próprio ator se tornou boxeador após o longa, que lhe rendeu um rosto deformado (até hoje) e a decadência nas telas.

4. Imortais (Immortals, 2011): um filme quero-ser-épico-meio-300-de-esparta-meio-tróia é na verdade um desfile carnavalesco misturado com cenas de ação exageradas. Rourke passa vergonha como o rei Hyperion.

Mickey_Rourke_immortals
‘Imortais’ (2011)

3. Harley Davidson & Marlboro Man – Caçada Sem Trégua (Harley Davidson & Marlboro Man, 1991): a fita de ação segue a premissa bizarro levantado por seu título – uma dupla de fumantes montados em suas motos (os cowboys do asfalto) roubam um banco para poder salvar o bar de um amigo.

HDMM
‘Harley Davisdon & Marlboro Man’ (1991)

2. A Colônia (Double Team, 1997): Mickey Rourke é o vilão, o terrorista Stavros, alvo do acerto de contas com o agente Van Damme, que ganha a ajuda do negociante de armas Dennis Rodman.

JCVD
‘A Colônia’ (1997)

1. Orquídea Selvagem (Wild Orchid, 1990): A trama de 9 ½ Semana de Amor é praticamente transposta para os cenários exóticos do Rio de Janeiro e Salvador, com Rourke sensualizando geral num pornô de boutique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *