M. Night Shyamalan assina sua primeira série de TV com estreia simultânea no Brasil e EUA

wayward-pines
“Wayward Pines” é nova atração da Fox (Foto: Fox)

Diretor, produtor e roteirista, ele já foi chamado de o novo Spielberg. Indicado ao Oscar de melhor direção e roteiro original por O Sexto Sentido (The Sixth Sense, 1999), fita também foi nomeada como melhor do ano. Já esteve no topo das bilheterias com Corpo Fechado (Unbreakable, 2000), Sinais (Signs, 2002) e A Vila (The Village, 2004).

Após os fracassos comerciais com A Dama na Água (Lady in the Water, 2006) e Fim dos Tempos (The Happening, 2008), Depois da Terra (2013) e de crítica com O Último Mestre do Ar (The Last Airbender, 2010), hoje tenta se reinventar.

É M. Night Shyamalan, que na próxima quinta-feira (14), às 22h30 assina a produção de sua primeira série de TV, Wayward Pines (2015), na Fox. A novidade é que a estreia no Brasil é simultânea com sua transmissão dos Estados Unidos.

Com uma trama de suspense, a produção possui 10 episódios de uma hora e chega também à América Latina em mais de 126 países na Ásia, África, Oceania e Europa.

[tribuna-veja-tambem id=”7659″ align=”alignright”]Baseado no best seller de Blake Crouch, Wayward Pines gira em torno das aventuras do agente do Serviço Secreto Ethan Burke (Matt Dillon, nomeado ao Oscar de coadjuvante por Crash, 2005) que chega na misteriosa cidade que dá título á série, em Idaho, com a missão de encontrar dois agentes federais desaparecidos. Quanto mais perto Ethan fica de descobrir os mistérios, mais longe ele fica da vida que costumava levar, do marido e pai que era, e começa a acreditar que a maior probabilidade é que não saia vivo de Wayward Pines.

De clima sinistro e com suspense, sua trama já está sendo comparada com a série de TV cult noventista Twin Peaks (1990~1991), de David Lynch.

Desenvolvida para televisão por Chad Hodge (The Playboy Club) e a produção executiva feita de M. Night Shyamalan, Hodge, Donald De Line e Ashwin Rajan, “Wayward Pines” conta com no elenco com Matt Dillon, Melissa Leo (Oscar de coadjuvante por O Vencedor, 2009), Toby Jones, Carla Gugino (Olhos de Serpente), Terrence Howard (Homem de Ferro) e Juliette Lewis (nomeada ao Oscar de coadjuvante por Cano do Medo, 1992).

O próximo longa-metragem de M. Night Shyamalan no cinema é o suspense founded-footage de baixo orçamento, A Visita (The Visit, 2015), com estreia prevista em setembro deste ano, nos EUA.