10 filmes inesquecíveis nos 100 anos da Primeira Guerra Mundial

Completando 100 anos em 2014, a I Guerra Mundial durou quatro anos (1914 à 1918) e cerca de oito milhões de homens morreram nos campos de batalhas. O conflito armado, que destruiu as finanças da Europa e acendeu a fagulha do nazismo na Alemanha, foi temas de diversos filmes. Mas que sempre fica à margem da história cinematográfica que a tão explorada II Guerra Mundial.

Com alusão ao seu centenário, o Clube Cinema seleciona 10 filmes inesquecíveis sobre o acontecimento que marcou a história também nas telas de cinema de todo o mundo.

Asas (Wings, EUA, 1927) de William A. Wellman

Asas (1927): Dois jovens de classes sociais diferentes, se apaixonam pela mesma mulher pouco antes de tornarem-se pilotos de caça na 1 ª Guerra Mundial. O primeiro vencedor do Oscar de melhor filme levou também a estatueta de melhor efeitos visuais.

Sargento York (Sergeant York, EUA, 1941) de Howar Hawks

Sargento York (1941): Biografia de um soldado americano que tinha a pretensão de ser um pacifista, mas que acaba se tornando um herói da 1 ª Guerra Mundial. No papel de protagonista, Gary Cooper venceu o Oscar de melhor ator.

Glória Feita de Sangue (Paths of Glory, EUA, 1957) de Stanley Kubrick
Paths of Glory
Glória Feita de Sangue (Paths of Glory, EUA, 1957) de Stanley Kubrick

Glória Feita de Sangue (1957): Durante a 1ª Guerra Mundial, soldados se recusam a continuar com um ataque que parece ser suicida, e seus superiores decidem julgá-los e fazer deles um exemplo para toda a corporação nas trincheiras. Indicado ao BAFTA de melhor filme e ganhou em 1992 o registro do National Film Preservation Boar, como uma obra preservada para a história.

Lawrence da Arábia (Lawrence of Arabia, Reino Unido/EUA, 1962) de David Lean

Lawrence da Arábia (1962): Durante a 1ª Guerra Mundial, um oficial militar britânico que serve no norte da África aceita a missão de ser observador na Arábia Saudita. Sua colaboração é decisiva para a união das tribos árabes contra os turcos no Oriente Médio. Vencedor de 7 Oscar, incluindo melhor filme e diretor.

Reds (Reds, EUA, 1981) de Warren Beatty

Reds (1981): Pouco antes da 1ª Guerra Mundial, um jornalista norte-americano torna-se um radical comunista e participa da revolução de outubro na Rússia de 1917. Ao voltar aos EUA, ele espera trazer o seu espírito de idealismo com um sonho de liderar uma revolução semelhante. Vencedor do Globo de Ouro de melhor direção e indicado ao Oscar de melhor filme.

Gallipoli (Gallipoli, Austrália, 1981) de Peter Weir

Gallipoli (1981): Dois velocistas australianos se alistam no exército e se tornam soldados durante a 1ª Guerra Mundial. Quando são enviados para Gallipoli, na Turquia, participam da trágica batalha que entrou para a história. Indicado ao Leão de Ouro em Veneza e ao Globo de Ouro de filme estrangeiro.

Lendas da Paixão (Legends of the Fall, EUA, 1994) de Edward Zwick

Lendas da Paixão (1994): Três irmãos se apaixonam por uma mesma jovem, a noiva do caçula, que vai servir na 1ª Guerra Mundial para provar o seu valor. O do meio, aprendeu com os índios a ter um espírito aventureiro e se alista para tentar proteger o irmão. Oscar de melhor fotografia.

Feliz Natal (Joyeux Noël, França/Reino Unido/Bélgica/Romênia/Alemanha, 2005) de Christian Carion

Feliz Natal (2005): Enquanto a neve e presentes da família e do exército ocupam as trincheiras francesas, escocesas e alemãs, o Natal de 1914 acontece em plena 1ª Guerra Mundial. Durante a noite os soldados saem de suas trincheiras, deixam seus rifles de lado e apertam as mãos do inimigo ao confraternizar o Natal. Indicado ao Oscar e Globo de Ouro de filme estrangeiro.

Eterno Amor (Un long dimanche de fiançailles, França, 2004) de Jean-Pierre Jeunet

Eterno Amor (2004): Após o término da 1ª Guerra Mundial, uma mulher empreende uma busca incessante por seu noivo, que desapareceu nas trincheiras do Somme, durante o conflito armado. Drama romântico indicado ao Globo de Ouro de filme estrangeiro.

Cavalo de Guerra (War Horse, EUA, 2011) de Steven Spielberg

Cavalo de Guerra (2011): Jovem camponês estabelece uma conexão jamais imaginada com o cavalo Joey. Com treinamentos e aptidões, a cavalaria britânica o leva embora para servir durante a 1ª Guerra Mundial. Nos campos de batalha e durante anos, Joey mostra toda a sua força e determinação. Indicado ao Oscar e Globo de Ouro de melhor filme (drama).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *