Sidney Lumet retrata a guerra fria em “Limite de Segurança”

Relançamento da Classicline, Limite de Segurança (1964) é a nossa dica para o filme de Sidney Lumet de anos 60. Vamos indicar ainda filmes do diretor vencedor do Oscar Honorário em 2005, e outras cinco vezes indicados ao oscar de melhor diretor e roteiro adaptado.

Vamos à lista:

Limite de Segurança (Fail-Safe, 1964): Em plena Guerra Fria, com Estados Unidos e União Soviética competindo ferozmente pela hegemonia mundial, um erro de computador hostiliza ainda mais essa relação complicada. Por uma falha técnica no sistema do órgão estratégico de defesa nuclear dos Estados Unidos, uma frota de aviões recebe a ordem de destruir a cidade de Moscou com duas bombas atômicas. Com pilotos treinados para não receberem ordem verbais e com o procedimento de destruição em curso, o presidente americano (Henry Fonda) e sua equipe de segurança lutam contra o tempo, já que os russos prometeram destruir Nova York caso o lançamento aconteça.

Rede de Intrigas (Network, 1976): O âncora Howard Beale (Peter Finch) recebe a notícia de que está demitido em razão dos seus baixos índices de audiência. Um dia, com o programa no ar, comunica a sua saída da emissora e avisa que se matará ao vivo na próxima semana. É imediatamente afastado, mas diante dos apelos do público a emissora decide voltar atrás. A partir de então ele passa a encarnar o profeta louco e seu comportamento insano tem recepção altamente positiva. As pessoas responsáveis pela sua ascensão, no entanto, agora precisam encontrar uma forma de detê-lo.

O Veredito (The Veredict, 1982): Advogado alcoólatra e decadente (Paul Newman) vê a chance de recuperar a sua auto-estima quando lhe é dado um caso sobre um erro médico. Mesmo quando uma quantia razoável é oferecida para se chegar a um acordo e o caso não ir a julgamento, ele não concorda e decide enfrentar um poderoso grupo, que é defendido por um renomado e ardiloso advogado.

Sombras da Lei (Night Falls on Manhattan, 1996): Sean Casey (Garcia) é um jovem e idealista advogado, nomeado pela promotoria de Nova York para o julgamento de um chefão do tráfico de drogas pela morte de um policial. O que ele não sabe é que o caso o impulsiona rumo ao centro da efervescente arena política da cidade e da corrupção do distrito. Esforçando-se para seguir as pistas para onde quer que o levem, enfrenta todo tipo de situação: desde pressões internas dentro da corporação para que tudo fique como está, até a influência ameaçadora de políticos da cidade para que ele se venda a interesses eleitoreiros. Na busca pela verdade, Sean começa a questionar sua fé na lei, sua lealdade aos entes queridos e o seu lugar em um sistema onde a justiça poderá ser o último trunfo.

Antes que Você Saiba que o Diabo está Morto (Before the Devil Knows You Are Dead, 2007): Em Nova York, Andrew “Andy” Hanson (Philip Seymour Hoffman) é um viciado em drogas cuja carreira de executivo está desmoronando. Para se livrar de uma auditoria, que demonstrará graves problemas na sua área, convence o irmão Hank (Ethan Hawke), que também tem problemas financeiros, a assaltar a joalheria dos pais deles, Charles (Albert Finney) e Nanette (Rosemary Harris). O plano parece fácil, pois eles conhecem bem o funcionamento do lugar. Na hora da ação, os dois esperavam encontrar apenas uma idosa funcionária, mas sua mãe aparece de surpresa na hora do roubo. O cúmplice de Hank acaba ferindo-a tão gravemente que ela, apesar de não falecer, é considerada clinicamente morta. Charles jura se vingar a qualquer custo dos culpados, sem saber que está à caça de seus próprios filhos. Agora os dois irmãos precisarão lidar com as repercussões do seu trágico plano