Há 50 anos: ‘Dr. Fantástico’ (1964)

Numa reunião entre nações numa sala de guerra, um ensandecido general inicia um processo para inciar o holocausto nuclear. Enquanto isso, políticos e generais fazem de tudo para demovê-lo da ideia. Uma trama simples, que nas mãos de um diretor qualquer poderia se tornar qualquer coisa, menos um clássico.

Com Stanley Kubrick atrás das câmeras – e como co-roteirista – a fita se tornou uma obra-prima. Não apenas seu por Kubrick, que aborda o triunvirato poder-política-guerra com altas doses satíricas de humor negro,  mas também por seu protagonista. Numa atuação impressionante, Petter Sellers encarna três diferentes personagens: o louco Dr. Fantástico, o Presidente Merkin Muffey e o General Lionel Mandrake.

Também estrelado por George C. Scott, o filme, hoje um dos mais aclamados do diretor inglês e da história do cinema, acumulou em sua temporada 13 prêmios internacionais e recebeu outras oito indicações. Entre elas o filme concorreu ao Oscar de melhor filme, diretor, roteiro adaptado e ator (Peter Sellers). Completados 50 anos após a sua estreia (em 29/01/1964), vamos relembrar Dr. Fantástico (Dr. Strangelove: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb, 1964) em imagens: