Há 20 anos ‘Pulp Fiction’ estreava e Tarantino vencia a Palma de Ouro em Cannes

 

Quentin Tarantino ainda era um jovem do alto dos seus 31 anos em 1994. Tinha vendido os roteiros originais de Amor à Queima-Roupa (1993) e Assassinos por Natureza (1994), mas surpreendido os críticos com sua fita de estreia, Cães de Aluguel (1992). A violência estava bem acompanhada de diálogos cheio de referências e Tarantino era chamado de ‘novo Martin Scorsese’.

Mas a surpresa mesmo explodiu em talento puro na tela do Festival de Cannes de 1994. Ao subverter o gênero de filme de gângster/matadores de aluguel e aplicar um efeito narrativo antigo de forma moderna, o mundo se rendeu ao universo pop/cult criado por Tarantino em Pulp Fiction (1994). No Brasil a fita ganhou um subtítulo que gostaria de avisar/explicar ao expectador que ali haveria ‘Tempo de Violência’.

Quentin Tarantino fez um gesto obsceno ao vencer a Palma de Ouro, em 23/05/94. Bruce Willis, Maria de Medeiros e John Travolta também estavam presentes (Foto: Cannes)

Tarantino levou a Palma de Ouro em Cannes, indicado às principais categorias do Oscar e Globo de Ouro – ganhando as estatuetas de melhor roteiro em ambos os prêmios, além de um grande sucesso de bilheteria. Para celebrar os 20 anos de estreia, 20 curiosidades de Pulp Fiction – Tempo de Violência, a obra mais cultuada de Quentin Tarantino. 

Para finalizar, clique aqui para ver a inesquecível e clássica sequência com John Travolta e Uma Thurman – que ficou apavorada de ter quem dançar com o ás das pistas de dança de outrora – no concurso de dança do Jack Rabbit.