Gente Grande (Grown Ups)

Gente Grande (Grown Ups, 2010) de Dennis Dugan

O filme: a comédia faz a pergunta para seus protagonistas: quando será que eles vão crescer? Se depender de suas atitudes, nunca. As caricaturas de personagens de Adam Sandler (agente em Hollywood que mima seus filhos); David Spade (beberrão solteiro); Chris Rock (casado frustrado); Kevin James (gordinho engraçado); Rob Schneider (o bobão tarado) se reencontram depois de 30 anos, no velório do antigo treinador de basquete. Dali combinam o feriado de 4 de julho numa casa de lago, que reunirá todas as respectivas famílias.

Porque assistir: aos fãs do comediante Adam Sandler e seus amigos (Chris Rock, Kevin James, David Spade e Rob Schneider) ou se quer conferir as excelentes atrizes Salma Hayek, Maya Rudolph e Maria Bello passando vergonha como as respectivas esposas dos fanfarrões.

Melhores momentos: os créditos finais.

Pontos fracos: o filme inteiro, mas seu final-discurso (que lava roupa suja), é, no mínimo, constrangedor.

Salma Hayek – indicada ao Globo de Ouro (drama) e Oscar de atriz por Frida (2002) – é a esposa de Sandler, que tem passar pelo ridículo de ser a chicana de sotaque atravessado. Um horror.

Maria Bello – indicada ao Globo de Ouro atriz (drama) por Marcas da Violência (2005) e coadjuvante por The Cooler: Quebrando a Banca (2003) – faz uma mãe que ainda amamento seu filho de quatro anos. Cenas horripilantes à vista.

E Maya Rudolph – nomeada ao SAG por Missão Madrinha de Casamento (2011) – é a grávida que tem de engolir as bobagens da mãe.

Atrizes talentosas, mas todas completamente desperdiçadas num roteiro que não existe! É apenas uma sucessão de pretensas piadas que envolvem flatulências, quedas, tombos, gritos e nada mais.

Nem comento as ‘atuações’ do quinteto de comediantes e só lamento a participação de Steve Buscemi (Globo de Ouro de melhor ator-drama na série de TV Boardwak Empire).

Na prateleira da sua casa: é besteira que não acaba mais. Com um humor físico exagerado e que preza pela falta de sutileza, o patético Gente Grande não é indicado nem para gente pequena. Mas se for um castigo talvez para os filhos mimados de Adam Sandler…

'