Efeito Bridget Jones: 12 comédias com bebês a bordo

O Bebê de Bridget Jones (Bridget Jones’s Baby, 2016) de Sharon Maguire | Em cartaz nos cinemas

Sinopse: Depois de tantas idas e vindas, Bridget Jones (Renée Zellweger) e Mark (Colin Firth) finalmente se casam. Não demora muito, entretanto, para que a vida pregue mais uma peça neles e eles acabam se separando. Em crise no trabalho, tentando manter uma boa relação com o ex e engatando um novo romance (Patrick Dempsey), Bridget tem uma surpreendente revelação: está grávida – e não tem certeza de quem é o pai da criança.

Três Solteirões e um Bebê (3 Men and a Baby, 1987) de Leonard Ninoy

Sinopse: Três amigos dividem um apartamento e dedicam grande parte do tempo livre para se divertirem com um time interminável de namoradas. Um dia, um bebê é deixado na porta do apartamento deles, com um bilhete da mãe (Nancy Travis), dizendo não ter condições de cuidar da filha no momento. Acontece que o pai é um ator (Ted Danson) e está atualmente filmando na Turquia. Após o choque inicial, os outros dois resolvem cuidar da criança, mas isto afetará a vida dos três. Muito além do que possam imaginar.

Presente de Grego (Baby Boom, 1987) de Charles Shyer

Sinopse: J.C.Wyatt (Diane Keaton) é uma consultora de empresas bem sucedida, vive com um banqueiro de investimentos, igualmente workaholic. Juntos, colecionam arte-africana e são co-proprietários de um luxuoso apartamento. J.C. é uma yuppie – o perfeito exemplo das mulheres desta geração que coloca a carreira acima de tudo. Até que um dia, a caminho da reunião de negócios mais importante de sua vida, ela descobre que herdou uma garotinha de apenas 13 meses de idade. E sua vida muda completamente.

Ela Vai Ter um Bebê (She’s Having a Baby, 1988) de John Hughes

Sinopse: Jake Briggs (Kevin Bacon) e Kristy (Elizabeth McGovern) se conhecem desde a infância, estudaram juntos e se casaram. Na vida a dois, planejavam tudo, mas seus sonhos se tornaram uma rotina de problemas. Contudo, uma notícia promete transformar o seu dia-a-dia, o nascimento de um bebê.

Mais ou Menos Grávida (For Keeps, 1988) de John G. Avildsen

Sinopse: Eles formam um casal adorável. São bonitos, inteligentes e têm um futuro brilhante pela frente. Darcy (Molly Ringwald) quer ser jornalista. Stan (Randall Batinkoff) está à espera de uma bolsa de estudos para se tornar um arquiteto. E pretendiam se casar só depois de formados. Mas uma inesperada gravidez os obriga a apressar o casamento e enfrentar a resistência da família, renunciar a alguns sonhos e driblar as dificuldades para conseguir criar sua filhinha e manter-se juntos.

Olha Quem Está Falando (Look who´s talking, 1989) de Amy Heckerling

Sinopse: Mollie (Kirstie Alley) é um contadora que tem um caso com um Albert (George Segal), um cliente que está comprometido. Quando fica grávida, sente que Albert estará sempre com ela e o bebê, mas quando dá a luz Albert rompe a relação e Mollie tem de criar o bebê sozinha. Mollie passa a procurar um pai ideal para seu filho, e James Ubriacco (John Travolta), o taxista que a acompanhou quando entrou em trabalho de parto, parece ser perfeito. Enquanto isso, Mikey (na voz de Bruce Willis), é apenas um bebê, mas também um observador cínico e sarcástico do mundo ao seu redor.

Junior (1994) de Ivan Reitman

Sinopse: Dois pesquisadores, o grandalhão Dr. Hasse (Arnold Schwarzenegger) e o pequeno e malandro Dr. Arbogast (Danny DeVito), desenvolvem uma droga para auxiliar a gravidez. Impedidos de continuar o projeto, a dupla rouba um óvulo e o implanta na barriga do Dr. Hasse. E assim passam a testar a droga, a partir das reações de Hasse durante os nove meses de gestação.

Nove Meses (Nine Months, 1995) de Chris Columbus

Sinopse: Samuel Falkner (Hugh Grant), um terapeuta de crianças, não tem nenhum filho e não faz planos para isto. Assim, fica bastante abalado quando Rebecca Taylor (Julianne Moore), sua namorada há cinco anos, diz que está grávida. E agora, como lidar com essa surpresa? Participação especial de Robin Williams.

O Pai da Noiva – Parte II (Father of the Bride Part II, 1995) de Charles Shyer

Sinopse: Após superar o sofrimento de ver sua amada filha se casar, George Banks (Steve Martin) terá que lidar com o fato de que ela está prestes a se tornar mãe.

Ligeiramente Grávidos (Knocked Up, 2007) de Judd Apatow

Sinopse: Alison é uma promissora jornalista que em uma noite de diversão se envolve com o irresponsável Ben. Três meses depois ela descobre que está grávida e o procura novamente, a partir daí começa uma divertida e engraçada vida a três.

Juno (2007) de Jason Reitman

Sinopse: Juno MacGuff (Ellen Page) é uma jovem de 16 anos que acidentalmente engravidou de Paulie Bleeker (Michael Cera), um grande amigo com quem transou apenas uma vez. Inicialmente ela decide fazer um aborto, mas ao chegar na clínica muda de ideia. Junto com sua amiga Leah (Olivia Thirlby) ela passa a procurar em jornais um casal a quem possa entregar o bebê assim que ele nascer, já que não se considera em condições de criá-lo.

O que você esperar quando está esperando (What to Expect When You’re Expecting, 2012) de Kirk Jones

Sinopse: Baseado no best-seller homônimo e contando com grande elenco (incluindo Rodrigo Santoro e Jennifer Lopez), o filme mostra cinco casais prestes a terem filhos. Suas descobertas e dificuldades nesta nova fase da vida são apresentadas com muito bom humor nas mais diversas situações.