As cores de Pedro Almodóvar

pedro1
Almodóvar

Um universo colorido, personagens impulsivos, mulheres à beira de um ataque de nervos, mães ausentes, fama, adultério, assassinato, sexo em profusão, travestis, transexuais e drag queens habitam seus quadros em movimento.

O cineasta espanhol – que completa 64 anos neste 24 de setembro – usa suas cores e, de forma despudorada adora falar da sexualidade em suas tramas. Sempre com roteiros inteligentes, histórias urdidas com sentimentos e até lembranças da infância.

pedro3
Almodóvar

Prêmios

O diretor e roteirista espanhol já venceu 100 prêmios internacionais e concorreu a outros 76. Entre suas principais vitórias estão o Oscar de melhor roteiro original por Fale com Ela (2002) – também indicado à estatueta de diretor e filme estrangeiro; Melhor roteiro por Volver (2006) no Festival de Cannes – também concorreu à Palma de Ouro;

pedro4
Almodóvar

Prêmio Ecumênico do Júri e melhor diretor em Cannes por Tudo Sobre Minha Mãe (1999) – indicado à Palma de Ouro; Goya (Espanha) e Osella de Ouro (Veneza) de melhor roteiro por Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos (1988) – indicado ao Oscar de filme estrangeiro.

pedro2
Almodóvar

Top 10

Gosto muito do seu cinema, e minha lista com seus 10 melhores filmes equilibra suas fases – no início libertador, com mais sexo colorido, depois houve uma transição sentimental e agora alterna os filmes de gêneros. Vamos ao top 10, com suas cores, sexo, diversão e sentimentalidades. Feliz cumpleaños mestre.

Top-10---Almodovar

 

A arte dos posters minimalistas são de Tiago Leite.

'