Confira a programação da Red Bull Music Academy Festival São Paulo 2017

Prestes a realizar sua quinta edição em Nova York e a segunda em Paris, o Red Bull Music Academy Festival chega a São Paulo pela primeira vez com uma programação de 10 dias que celebra a criação e a colaboração e que inclui performances ao vivo, festas, instalações de arte e palestras.

Com o Red Bull Station, no centro de São Paulo, como ponto central do evento, o festival ainda irá desvendar locações únicas na cidade totalmente reconfiguradas para a ocasião. Os locais, datas de cada evento e venda de ingressos serão anunciados em breve pelo site sp.redbullmusicacademy.com.

Entre as atrações do Red Bull Music Academy Festival São Paulo estão alguns dos artistas mais instigantes e relevantes da música contemporânea brasileira e internacional. Entre eles, o americano Egyptian Lover, que participa de uma noite em homenagem aos produtores de funk, o maestro Arthur Verocai, que comandará um concerto diurno no centro de São Paulo, e o rapper americano Mykki Blanco, um dos nomes mais interessantes do hip-hop atual, abordando a estética e temática queer.

Ao longo da programação, o público poderá participar de uma festa de música eletrônica com mais de 20 artistas, incluindo nomes como a produtora de Chicago Honey Dijon, a portuguesa Nidia Minaj, a chinesa Pan Daijing e brasileiros como Thingamajicks, Luisa Puterman e Repetentes 2008; um resgate de músicas criadas nos últimos anos da ditadura militar e que ganharão novas versões no evento Outro Tempo até a estreia do espetáculo Kaos Etudes, peça audiovisual do produtor Oneohtrix Point Never em parceria com o artista visual Nate Boyce.

O festival também apresenta um show do grupo de rap mais influente do Brasil, o Racionais MC’s, revisitando três décadas na história de sua carreira.

Além dos eventos, o #RBMASP terá conteúdos e histórias exclusivas pelos canais sp.redbullmusicacademy.com e www.redbull.com.br. A Red Bull Radio (www.redbullradio.com) também terá uma programação especial durante os dez dias de evento, incluindo live streams e transmissões especiais.

Artista Mykki Blanco se apresenta pela primeira vez em São Paulo (Foto: Christelle de Castro)

PROGRAMAÇÃO

Baile
Passando pelo surgimento do funk no Brasil até os dias de hoje, o evento mergulha na essência desse estilo, a batida. Grandmaster Raphael – conhecido produtor carioca da geração old school do funk – encontra o pioneiro do electro rap de Los Angeles Egyptian Lover, cujas performances ao vivo são creditadas por alguns como inspiradoras da cena Miami Bass, e que se apresenta pela primeira vez no Brasil. Já Carlos do Complexo, produtor do Complexo do Alemão, apresenta sua mistura de funk, hip-hop e R&B.

Zonas Limiares

Uma celebração dos DJs, produtores e selos que impulsionam as noites de São Paulo em um encontro com artistas da cena eletrônica mundial. Entre os nomes internacionais, Honey Dijon, DJ de laços profundos com as cenas house de Chicago e de Nova York, adotada pelo mundo da moda e pelo circuito underground, e Pan Daijing, cujas performances techno cheias de distorções utilizam elementos de performance, abordando sexualidade e BDSM de uma forma deliberadamente conflituosa.

Arthur Verocai em Concerto: O Voo do Maestro

Um concerto diurno pelo influente compositor, arranjador e músico brasileiro Arthur Verocai. No final da década de 1960, a experimentação musical estava florescendo, e Verocai estava no centro dela, compondo trilhas sonoras e trabalhando como produtor e arranjador para músicos como Ivan Lins, Elis Regina, Tim Maia, Gal Costa, Marcos Valle e muitos outros.

Outro Tempo: Brasil Eletrônico Experimental

“Outro Tempo: Electronic and Contemporary Music From Brazil, 1978-1992” é uma impressionante compilação organizada pelo musicólogo londrino John Gómez. Enquanto o Brasil enfrentava os últimos anos de sua ditadura militar e a transição para a democracia, uma geração de músicos desenvolveu uma visão alternativa da cultura brasileira. Eles abraçaram métodos de produção eletrônicos não usuais e os infundiram em sua música com elementos de jazz-fusion e minimalismo. Para este concerto muito especial, Gómez e o produtor brasileiro, compositor e multi-instrumentista Alexandre Kassin, convidam um conjunto de músicos de grande renome.

Racionais MC’s: Três Décadas de História

Esta reunião especialmente íntima traz o Racionais MC’s apresentando sucessos de toda a sua carreira, abordando uma história de três décadas como o grupo de rap mais proeminente do Brasil.

Oneohtrix Point Never & Nate Boyce: Kaos Etudes Première

Estreia internacional do novo projeto audiovisual de Daniel Lopatin, produtor musical de Nova York, também conhecido como Oneohtrix Point Never, e o artista multimídia de Wisconsin Nate Boyce. A música de Oneohtrix Point Never desafia a categorização ao misturar noise, música ambiente, jazz e uma relação de amor e ódio com o New Age. Esta performance audiovisual vê os dois colaboradores inventarem um jogo hipotético, no qual a criação de um mundo 3D e a composição musical se fundem. O projeto explora ambientes sônicos em videogames, como uma mutação contemporânea das técnicas processuais de compositores como o alemão Karlheinz Stockhausen e o grego Iánnis Xenákis.

Ruído em Progresso

Um encontro que explora, interpreta e incorpora sons dissonantes e projetos das cenas black metal, pós-punk e da música eletrônica experimental. Tendo viajado anteriormente para Nova York e Montreal sob o título Drone Activity in Progress, o evento traz uma programação com novas colaborações e trabalhos encomendados.

Queeridxs

Uma noite que explora a criação de música baseada na força da identidade. Do americano Mykki Blanco, rapper e poeta conhecido por uma mistura hábil de poesia punk e arte performática super ácidas, à MC Linn da Quebrada, que traz um rap com batidas pesadas e de valorização da identidade artística e identificação de gênero. Já o duo Tormenta DJs, formado pelo DJ Whey e Pininga, colaborador de longa data de selos como a N.A.A.F.I e Staycore, apresenta uma mistura de ritmos regionais, batida de guetos globais e booty music compartilhando com o produtor de Miami Total Freedom, figura central dos novos direcionamentos criativos adotados pela atual cena club music americana.

A Céu Aberto sob o Sol

Theo Parrish é um dos DJs mais habilidosos da atualidade, capaz de fundir o pulso rítmico da disco de Chicago com a alma modernista do techno de Detroit, ao mesmo tempo que aponta para uma linhagem de black music que passa diretamente de Sun Ra para lançamentos do seu próprio selo, Sound Signature. Esta apresentação será a estreia brasileira de Parrish, que se apresenta ao lado de John Gómez, da dupla Selvagem e da DJ carioca Tata Ogan, cujas colagens percussivas se baseiam em um entendimento de muitas permutações da música regional brasileira.

Siga a Red Bull Music Academy

sp.redbullmusicacademy.com

facebook.com/RedBullMusicAcademy

twitter.com/RBMA

instagram.com/rbma