Confira a lista completa dos indicados ao Oscar 2017; “La La Land” iguala recorde de ‘Titanic’

Foram divulgados nesta terça-feira (23), a lista completa dos nomeados ao Oscar 2017. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood abraçou a diversidade, e desta vez temos negros entre os indicados, além disso, há de filmes com temática LGBT, contra o racismo e mulheres protagonistas.

Denzel Washington e Viola Davis por “Um Limite Entre Nós”, Mahershala Ali; Naomie Harris e Jenkins por “Moonlight”; Dev Patel (“Lion”), Octavia Spencer (“Estrelas Além do Tempo”) e Ruth Negga (“Loving”) são as novidades na lista, depois de duas edições do Oscar apenas com brancos entre os nomeados entre os atores, atrizes e diretores.

A premiação marca também a volta por cima de Mel Gibson, tendo o drama de guerra “Até o Último Homem” concorrendo em seis categorias, mesmo número de “Manchester à beira mar”, de Kenneth Lonergan, e “Lion: Uma Jornada para Casa”, de Garth Davis.

Agora, os favoritos. Igualando o recorde de “Titanic” (1997) e “A Malvada” (1950), o musical romântico “La La Land – Cantando Estações” conseguiu 14 nomeações ao Oscar 2017. “Moonlight – Sob a Luz do Luar” e “A Chegada” vem logo atrás, com 8 indicações cada um.

A cerimônia de premiação será realizada em 26 de fevereiro, tradicionalmente no domingo, no teatro Dolby de Hollywood, em Los Angeles (EUA).

Confira a lista completa dos indicados:

Melhor Filme:

“A Chegada” (leia a crítica completa)

“Um Limite Entre Nós”

“Até o Último Homem”

“A Qualquer Custo”

“Estrelas Além do Tempo”

“La La Land – Cantando Estações”

“Lion – Uma Jornada para Casa”

“Manchester à Beira-Mar”

“Moonlight – Sob a Luz do Luar”

 

Melhor diretor:

Denis Villeneuve, “A Chegada” (leia a crítica completa)

Mel Gibson, “Até o Último Homem”

Damien Chazelle, “La La Land – Cantando Estações”

Kenneth Lonergan, “Manchester à Beira-Mar”

Barry Jenkins, “Moonlight – Sob a Luz do Luar”


Melhor ator:

Casey Affleck, “Manchester à Beira-mar”

Andrew Garfield, “Até o Último Homem”

Ryan Gosling, “La La Land – Cantando Estações”

Viggo Mortensen, “Capitão Fantástico”

Denzel Washington, “Um Limite Entre Nós”


Melhor ator coadjuvante:

Mahershala Ali, “Moonlight – Sob a Luz do Luar”

Jeff Bridges, “A Qualquer Custo”

Lucas Hedges, “Manchester à Beira-Mar”

Dev Patel, “Lion – Uma Jornada para Casa”

Michael Shannon, “Animais Noturnos” (leia a crítica completa)

Mel Gibson e Nicole Kidman dão a volta por cima com novas indicações. Viola Davis (Cercas) e Isabelle Hupert (Elle) são favoritas como atriz coadjuvante e melhor atriz, respectivamente


Melhor atriz:

Isabelle Huppert, “Elle”

Ruth Negga, “Loving: O Amor é Tudo”

Natalie Portman, “Jackie”

Emma Stone, “La La Land – Cantando Estações”

Meryl Streep, “Florence, Quem é Esta Mulher?”

 

Melhor atriz coadjuvante:

Viola Davis, “Um Limite Entre Nós”

Naomie Harris, “Moonlight – Sob a Luz do Luar”

Nicole Kidman, “Lion – Uma Jornada Para Casa”

Octavia Spencer, “Estrelas Além do Tempo”

Michelle Williams, “Manchester à Beira-mar”

 

Melhor Filme Estrangeiro:

“Land of Mine” (Dinamarca)

“A Man Called Ove” (Suécia)

“The Salesman” (Irã)

“Tanna” (Austrália)

“Toni Erdmann” (Alemanha)

 

Melhor Animação:

“Kubo e as Cordas Mágicas”

“Moana: Um Mar de Aventuras”

“Minha Vida de Abobrinha”

“A Tartaruga Vermelha”

“Zootopia”

 

Favoritos em filme estrangeiro, filme e animação

Melhor curta-metragem de animação:

“Blind Vaysha”

“Borrowed time”

“Pear Cider and Cigarettes”

“Pearl”

“Piper”

 

Melhor roteiro adaptado:

“Moonlight – Sob a Luz do Luar”

“Lion – Uma Jornada para Casa”

“Um Limite Entre Nós”

“Estrelas Além do Tempo”

“A Chegada” (leia a crítica completa)

 

Melhor roteiro original:

“A Qualquer Custo”

“La La Land – Cantando Estações”

“O Lagosta”

“Manchester à Beira-mar”

“20th century woman”

 

Melhor fotografia:

“A Chegada” (leia a crítica completa)

“La La Land – Cantando Estações”

“Lion – Uma Jornada para Casa”

“Moonlight – Sob a Luz do Luar”

“O Silêncio”

 

Melhor documentário:

“Fire at sea”

“I am not your negro”

“Life, animated”

“O.J. Made in America”

“13ª Emenda”

 

Melhor documentário em curta-metragem:

“Extremis”

“4.1 miles”

“Joe’s violin”

“Watani: My homeland”

“The white helmets”

 

Melhor curta-metragem:

“Ennemis Intérieurs”

“La femme et le TGV”

“Silent night”

“Sing”

“Timecode”

 

Melhor montagem:

“A Chegada” (leia a crítica completa)

“Até o Último Homem”

“A Qualquer Custo”

“La La Land – Cantando Estações”

“Moonlight – Sob a Luz do Luar”

 

Melhor edição de som:

“A Chegada” (leia a crítica completa)

“Horizonte Profundo – Desastre no Golfo”

“Até o Último Homem”

“La La Land – Cantando Estações”

“Sully: O Herói do Rio Hudson”

 

Melhor mixagem de som:

“A Chegada” (leia a crítica completa)

“Até o Último Homem”

“La La Land – Cantando Estações”

“Rogue One: Uma História Star Wars” (leia a crítica completa)

“13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi”

 

“Esquadrão Suicida” concorre ao Oscar de cabelos e maquiagem; “Passageiros” está indicado à melhor trilha sonora e desenho de produção

Melhor design de produção:

“A Chegada”

“Animais Fantásticos e Onde Habitam”

“Ave, Cesar!”

“La La land – Cantando Estações”

“Passageiros” (leia a crítica completa)

 

Melhor trilha sonora:

“Jackie”

“La La Land – Cantando Estações”

“Lion – Uma Jornada para Casa”

“Moonlight: Sob a Luz do Luar”

“Passageiros” (leia a crítica completa)

 

Melhor canção original:

“Audition(The fools who dream)” (“La La Land – Cantando Estações”)

“Can’t stop the feeling” (“Trolls”) – leia a crítica completa

“City of stars” (“La la land – Cantando estações”)

“The empty chair” (“Jim: The James Foley Story”)

“How far I’ll go” (“Moana”)

 

Melhor cabelo a maquiagem:

“A Man Called Ove”

“Star Trek: Sem Fronteiras”

“Esquadrão Suicida” (leia a crítica completa)

 

Melhor figurino:

“Aliados”

“Animais Fantásticos e Onde Habitam”

“Florence: Quem é Essa Mulher?”

“Jackie”

“La La Land: Cantando Estações”

 

Melhores efeitos visuais:

“Horizonte Profundo – Desastre no Golfo”

“Doutor Estranho”

“Mogli, O Menino Lobo”

“Kubo e as Cordas Mágicas”

“Rogue One: Uma História Star Wars” (leia a crítica completa)