Casa da Mãe Joana (2008)

casa
Casa da Mãe Joana (FOTO: Imagem Filmes/divulgação)

Casa da Mãe Joana (Idem, 2008) de Hugo Carvana

O filme: quatro malandros (José Wilker, Paulo Betti, Antônio Pedro e Pedro Cardoso) aplicam um golpe numa joalheria, mas um deles foge com a grana.

Sem dinheiro e com dívidas para manter o apartamento, agora têm de trabalhar e conviver com duas visitas inusitadas: a mãe (Laura Cardoso) de um deles e a filha (Fernanda de Freitas) de outro.

Porque assistir: uma piada aqui, uma frase ali, uma situação acolá. Nada demais. Se quiser curtir uma comédia estilo programa de TV…

Pontos fracos: com elenco global e direção frouxa, o longa tenta fazer rir com um roteiro que imprime situações simples, quase televisivas. Paulo Betti de cuecas e Jose Wilker com a bunda de fora. Saídas insuficientes para aplacar a falta de risos.

Melhores momentos: aos marmanjos há Juliana Paes de lingerie e Fernanda de Freitas pagando uma breve nudez. E gargalhada mesmo só escapou uma, quando a senhora louca Laura Cardoso fuma um baseado com José Wilker…

Na prateleira da sua casa: recomendado aos fãs do (pífio) humor no estilo Zorra Total.

Termo vetor - segunda versão - DEITADA - 3