“Blade Runner 2049” ganha no Brasil edição luxuosa em Steelbook

Mais de 30 anos do cult ‘Blade Runner: O Caçador de Androides’ (1982), chega às lojas BLADE RUNNER 2049 (2017) em versão STEELBOOK. O filme já está em pré-venda, mas a partir de 24 de janeiro de 2018, o público receberá o filme em Blu-ray Duplo, juntamente com um Disco Bônus, que levará o público ao universo da produção do novo filme.

A sequência reúne no elenco Harrison Ford, Ryan Gosling, Jared Leto, Robin Wright, Ana de Armas, Dave Bautista, Sylvia Hoeks, Carla Juri, entre outros. A direção fica a cargo de Denis Villeneuve (“A Chegada”e “Os Suspeitos”). O filme conta com a produção executiva de Ridley Scott, diretor da versão original de “Blade Runner” (1982), e é conhecido do público por “Alien” (1979), “Gladiador” (2000) e “Perdido em Marte” (2016).

BLADE RUNNER 2049 – STEELBOOK (BLADE RUNNER 2049 – STEELBOOK) | Direção: Denis Villeneuve | Elenco: Ryan Gosling, Harrison Ford, Jared Leto, Ana de Armas, Sylvia Hoeks, Robin Wright, Dave Bautista, Mackenzie Davis, Carla Juri, Lennie James, David Dastmalchian, Wood Harris, Hiam Abass, Mark Arnold, Tomas Lemarquis, Barkhad Abdi, Krista Kosonen, Edward James Olmos | Gênero: Ficção Científica.

Sinopse: E 30 anos após os acontecimentos do primeiro filme, a humanidade está novamente ameaçada, e dessa vez o perigo pode ser ainda maior. Isso porque o novato oficial K (Ryan Gosling), desenterrou um terrível segredo que tem o potencial de mergulhar a sociedade no completo caos. A descoberta acaba levando-o a uma busca frenética por Rick Deckard (Harrison Ford), desaparecido há 30 anos.

Blu-ray Duplo (Filme + Disco Bônus) – Steelbook | Preço sugerido: R$ 99,90 | Duração: 164 minutos | Formato de tela de filme: Widescreen 2.40:1 | Áudio: INGLÊS (DTS HD-MA 5.1), PORTUGUÊS (DTS HD-MA 5.1) | Legendas: INGLÊS e INGLÊS (SDH), ESPANHOL, PORTUGUÊS | Classificação indicativa: 12 anos | Data de lançamento: 24 de Janeiro de 2018.

Bônus

2D: Projetando o Mundo de Blade Runner 2049; Ser Humano; Prólogos; Blade Runner 101 | Disco Bônus: Contém os Bônus: A Cena de Sexo; Vestindo a pele: a moda em BR2049; As Lutas do Futuro: A Ação em BR2049.

Opinião do editor

De narrativa conduzida sem pressa (são 2h43 minutos, mas que passam muito mais rápido do que você imagina), entrega tudo que promete. Ao contrário da maioria das sequências que assistimos ano após ano, 2049 não mergulha no universo de sua própria nostalgia. A releitura de elementos do enredo de seu antecessor estão na trama, mas de forma controlada. Aos não iniciados no primeiro (Blade Runner: O Caçador de Androides, 1982), uma boa notícia: a partir de um prólogo simples e objetivo, você consegue ver um filme que funciona muito bem, sem deixar grandes interrogações. Já aos que conhecem bem a história original do “Caçador de Androides”, uma outra notícia melhor ainda: o que era sugestionado e filosofado em 1982, agora é bem mais ampliado, em discurso (a luta pela humanidade/liberdade) e conceito (como será afinal, o futuro?). Clássico instantâneo e sem medo de ser feliz: uma obra-prima que o coloca como filme do ano, até aqui. 10/10 Para ler a crítica completa, clique aqui.