Atriz cearense grava filme em Los Angeles que discute tendências da internet

A atriz, modelo e produtora cearense Mey Ferdinand investe na carreira internacional. Morando em Nova York desde 2012 e engajada em projetos teatrais, cinematográficos e de moda, Mey acaba de rodar mais um curta-metragem, dessa vez em Los Angeles. Com direção do argentino Brian F. Visciglia, “Thumbs Up” é resultado de uma parceria entre artistas brasileiros e americanos com a produtora Red Line, que tem sedes no Rio de Janeiro, Dublin e Los Angeles.

Formada na Cia. Teatro Contemporâneo do Rio de Janeiro e no One Year Conservatory da New York Film Academy, a cearense interpreta a personagem Jenny em “Thumbs Up”. O filme mostra o impacto da internet e como o mercado do entretenimento está inclinando para as mãos de novos artistas que muitas vezes não estão preparados para enfrentar as dificuldades que surgem nesse cenário. Outros brasileiros também participam do projeto: o ator e roteirista Victor Soares, o ator Phil Miler e a produtora Damaris Pinheiro. Os realizadores também planejam um longa-metragem derivado da história.

Segundo a atriz, as filmagens do curta em LA foram bastante intensas. “Meu personagem em ‘Thumbs Up’ se chama Jenny, uma garota que sonha com a oportunidade de ter fama e poder. Ela conhece Gabriel e acha que ele pode abrir portas para ela. Gravar em Los Angeles foi um sonho realizado! Tivemos várias locações turísticas, incluindo o Hollywood Sign”, revela.

Mey Ferdinand em ‘Thumbs Up’ (Fotos: Divulgação)

Alcançar visibilidade no mercado internacional foi um processo que pediu paciência. “Construir uma carreira fora do Brasil foi mais desafiador do que eu sempre imaginei. Ser ator é difícil em todo lugar, mas sendo estrangeiro o caminho se torna mais longo. Eu tive que ser muito paciente comigo mesma e saber que tudo faz parte de uma jornada. Meu foco agora é NY-LA, mas eu adoraria fazer um longa no Brasil, principalmente no Nordeste. Eu vejo o cinema nordestino crescendo e me dá muito orgulho. Queria gravar um longa em Quixadá, a cidade onde eu nasci”, completa Mey.

A atriz já tem outro curta-metragem na agenda. Mey participará do curta-metragem “Model Life”, onde interpretará a editora chefe de uma revista de moda de Nova York. Mey também se dedica à carreira de modelo pelas agências Posche Models e Westhaven Management.

Antes de “Thumbs Up”, Mey gravou os curtas-metragens “I’m Sorry”, “The Clockwork” e “My Other Half”, todos para a New York Film Academy, coordenou a produção do curta musical “Step Up” e participou do piloto “Big Apple”. Antes de se mudar para os Estados Unidos, a atriz integrou o elenco do canal de humor Parafernalha. As esquetes “Nojinho” (clique para assistir) e “5 Tipos de Homens” (clique para ver) já somam quase 10 milhões de acesso no Youtube.

Mey Ferdinand

Nascida em Quixadá, no interior cearense, Mey Ferdinand sempre quis ser atriz. Aos 11 anos, já em Fortaleza, entrou para o grupo de teatro do colégio. Mais tarde, Mey fez o curso preparatório no Theatro José de Alencar. Em 2009, foi para Rio de Janeiro estudar Teatro na Cia de Teatro Contemporâneo. Participou de montagens como “Arlequim, Servidor de Dois Patrões”, dirigido por Silvia Carvalho; “Bonitinha, mas Ordinária”, dirigido por Dinho Valladares; “Aonde Está Você Agora”, escrito e dirigido por Regiana Antonini, e o musical “Ópera do Malandro”, sucesso de público do Grupo Artear.

Depois de interpretar Terezinha em “Ópera do Malandro”, Mey se apaixonou por teatro musical, fez audições para a New York Film Academy e ganhou uma bolsa para o curso de um ano da escola. Performou a coreografia original do musical “Chicaco” em 2013, no June Havoc Theater, na Times Square, com um número solo musical “My Own Space”. Gravou três curtas para a New York Film Academy (“I’m Sorry”, “The Clockwork” e “My Other Half”), coordenou a produção do curta musical “Step Up” e trabalhou no piloto “Big Apple”, projeto brasileiro gravado em NY. Fez leituras da peça original “In the Wake”, escrita e dirigida por Mary-Anne Wright. Estudou Acting for Film and TV no Stella Adler Studios e no Mel Mack Acting Studio.

Conciliando o trabalho de modelo, atriz e produtora, em 2015 assinou com as agências Posche Models e Westhaven Management, participando de diversos trabalhos editoriais e do New York Fashion Week 2015. Ficou no Top 10 do concurso Miss Nepal – US Ambassador, dedicado a ajudar as vítimas do terremoto no Nepal. Seu último trabalho no cinema é o curta-metragem “Thumbs Up”, recém-filmado em Los Angeles.