30 curiosidades que talvez você não saiba sobre Star Wars

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/George Lucas
George Lucas no set com Mark Hamill e Harrison Ford (Foto: Fox)

1. Projeto negado

George Lucas teve seu projeto negado por diversos estúdios, como a Universal e a United Artists, que não acreditavam no sucesso comercial da marca Star Wars. Mesmo aprovando o projeto, a Fox não acreditava muito no sucesso de um filme que falava do espaço. Lucas exigiu em seu contrato que as possíveis sequências do filme seriam realizadas por ele, além de ter garantido os direitos de merchandising e todos os direitos sobre a obra;

2. Um filme de 6 horas

Inicialmente George Lucas escreveu um roteiro de seis horas de filme, e o fez mesmo prevendo a resposta do estúdio. Recebendo um “não” como resposta, decidiu dividir o filme em seis episódios e gravar apenas os três últimos, pois os julgava mais interessantes e reconhecia neles aspectos que cativariam o público da época;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/infinispace.net
Filas para ver Star Wars em 1977 (Foto: infinispace.net)

3. Estreia em 43 cinemas

Na estreia (25 de maio de 1977), apenas 43 cinemas aceitaram exibir Star Wars. Com o sucesso estrondoso, o filme pulou para 757 telas e depois para 1.750 cines. Custando apenas U$ 11 milhões, a ficção rendeu nos EUA 307,2 milhões, e sua renda mundial é de U$ 775,3 milhões;

4. Oscar

Primeiro filme da saga a ser lançado nos cinemas, Star Wars – Episódio IV: Uma Nova Esperança (1977) concorreu a 10 Oscar, incluindo melhor filme e direção (George Lucas). A produção ganhou seis estatuetas técnicas (figurino, trilha sonora, direção de arte & cenários, edição de som, efeitos especiais, montagem) e um Oscar especial para os efeitos de som. No Brasil foi batizado à época de Guerra nas Estrelas. Os seis filmes receberam um total de 25 nomeações ao Oscar e venceram 11;

5. Tatooine

Muitas das construções usadas para filmar Tatooine ainda existem na Tunísia. Na verdade, algumas delas ainda são usadas pela população local;

Tatooine
Tatooine existe no deserto da Tunísia (Foto: CNN)

6. A origem de Luke

Antes de ser Skywalker, Luke era Starkiller. Adventures of the Starkiller, Episode I: The Star Wars era o título da segunda versão do roteiro de Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança. Luke também chegou a ser uma mulher e um general de 60 anos, e após rebatizado chegou a sua personalidade definitiva durante a pré-produção do filme. George Lucas também pensou em Han Solo como alienígena, mas depois mudou de ideia;

7. Darth Vader

Darth Vader foi o primeiro personagem do universo Star Wars criado por George Lucas. Foram usados 7 diferentes atores para interpretar Anakin Skywalker/Darth Vader: David Prowse (o corpo do Darth Vader), James Earl Jones (a voz do Darth Vader), Bob Anderson (as cenas de lutas), Sebastian Shaw (o rosto do Darth Vader velho), Ben Burtt (a respiração do Darth Vader), Jake Lloyd e Hayden Christensen (Anakyn Skywalker novo e o velho, respectivamente);

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/darth vader
Darth Vader: um dos maiores vilões de todos os tempos (Foto: Fox)

8. A respiração e a armadura

O som da respiração do Darth Vader foi criado por Ben Burtt, que colocou um pequeno microfone do bocal de um respirador de mergulho e gravou o som da própria respiração usando o aparelho. A armadura do vilão é trabalho do designer Ralph McQuarrie, que faleceu em 2012;

9. Inspirações

Inspirados em outras produções, figurinos de personagens da franquia são homenagens também. A aparência do C-3PO é baseado no androide feminino Maria de Metrópolis (1927), de Fritz Lang, enquanto os Stormtroopers são baseados nas armaduras dos guerreiros teutônicos de Alexander Nevski (1939), de Sergei Eisenstein. Já o exército humano que serve ao imperador na trilogia original foram inspirados no uniforme do exército nazista;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/Star Wars Princess Leia
Princesa Leia em Episódio VI (Foto: Fox)

10. Princesa Leia

Em nenhum filme da trilogia original Carrie Fisher (Princesa Leia) usou sutiã. A justificativa vem de George Lucas: “não existe roupa íntima no espaço”. Para evitar algum descuido, os seios da atriz foram enrolados em fita isolante durante as gravações para evitar que fossem vistos através do traje. Há uma lenda – nunca confirmada – que a eterna Princesa Leia também não usou calcinha;

11. Sabres de luz, Chewbacca e R2-D2

O barulho dos movimentos dos sabres de luz é uma combinação de vários sons. São mixados sons de TVs de tubo antigas e os ruídos do motor de um projetor de filme. O som emitido por Chewbacca é a mistura de vários outros sons emitidos por animais como urso, camelo, leão e morsa. Já os apitos de R2-D2 eram, na verdade, sons de bebês manipulados para parecerem eletrônicos;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/HothWampa Cave
Monstro Wampa e o ataque no planeta Hoth (Foto: Fox)

12. Acidente de carro

Duas semanas antes da estreia do 1º Guerra nas Estrelas, Mark Hamill sofreu um grave acidente de carro que desfigurou seu rosto. Ele conseguiu se recuperar, mas as cicatrizes ainda eram visíveis quando começaram as filmagens de O Império Contra-Ataca (1980). Foi aí que George Lucas pensou em como justificar as mudanças no rosto do personagem e incluiu uma cena no Episódio V em que Luke é atacado por um monstro Wampa no planeta Hoth;

13. Albert Einstein

As feições de Yoda – principalmente os olhos sábios – foram inspiradas em Albert Einstein. A marionete usada nos três primeiros filmes parecia tão real, que não era raro o diretor Irvin Kershner (de O Império Contra-Ataca, 1980) dar as direções para ela – em vez de para seu manipulador, Frank Oz;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/Yoda Luke Star Wars Episódio V O Império Contra Ataca
Yoda e Luke em “Episódio V: O Império Contra Ataca” (Foto: Fox)

14. David Lynch e David Cronenberg
Vindos de temas bem diferentes e voltados mais para o cinema de arte, David Lynch e David Cronenberg recusaram dirigir O Retorno de Jedi (1983) por se tratar de uma grande produção de ficção-científica. Mas ambos dirigiram filmes de ficção na sequência. Lynch assinou Duna (1984) e Cronenberg, A Mosca (1985).

15. A Vingança do Jedi

O título original do Episódio VI da saga seria “A Vingança do Jedi”. O nome apenas foi trocado para o definitivo meses antes de seu lançamento, quando George Lucas percebeu que um Jedi nunca se vingaria, a não ser que resolvesse passar para o lado negro da Força. O título ficou O Retorno de Jedi (1983).

16. Frase/bordão

A frase bordão “tenho uma sensação ruim sobre isso” foi dita uma ou mais vezes em cada um dos filmes da saga;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/Revenge of the jedi
Poster chegou a sair, mas o título mudou (Foto: Fox)

17. Ferro velho do cinema

Em Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999), a cápsula da nave Discovery, de 2001 – Uma Odisséia no Espaço (1968), aparece no ferro-velho de naves espaciais onde Anakin Skywalker trabalha como escravo no planeta Tatooine, em “A Ameaça Fantasma”. Na mesma cena, enquanto Qui-Gon Jinn e Watto conversam, também é possível notar ao fundo o robô do filme O Exterminador do Futuro (1984).

18. Corrida de Pods

A famosa corrida de pods de Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999) foi inspirada nos acidentes da Nascar, uma competição de carros nos Estados Unidos, após a equipe de efeitos especiais analisar os incidentes. A sequência também foi comparada a corrida das bigas de Ben-Hur (1959).

19. Sabre de luz roxo

Samuel L. Jackson interpreta o Jedi Mace Windu em Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999) e exigiu que seu sabre de luz fosse roxo. Ele é o único Jedi de toda a saga com um sabre dessa cor;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/mace windu
Mace Windu e seu sabre de luz roxo (foto: Fox)

20. Participações especiais

Sofia Coppola (Saché) e Keira Knightley (Sabé) interpretam duas das acompanhantes de Padmé (Natalie Portman) em Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999);

21. E.T. 

Durante uma reunião do Senado Galáctico em uma cena de Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999), é possível notar várias espécies de alienígenas espalhadas pelas bancadas do local. Em uma delas estão três seres iguais ao personagem E.T. (1982), filme dirigido por Steven Spielberg.

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/et
E.T em Episódio I (Foto: Fox)

22. Framboesa de Ouro

Considerado o ponto baixo da saga, Star Wars – Episódio I: A Ameaça Fantasma (1999) concorreu ao Framboesa de ouro de pior filme e em outras cinco categorias (pior diretor, pior ator coadjuvante, pior atriz coadjuvante, pior dupla e pior roteiro);

23. Gillete Sensor

O comunicador usado por Qui-Gon Jinn em Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999) era, na verdade, um barbeador Gillete Sensor modificado;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/Gillete 1999
Gillete Sensor modificado (Foto: WP)

 

24. Anakin Skywalker

Um total de 442 candidatos fizeram testes ao longo do processo de escolha do intérprete de Anakin Skywalker em Star Wars – Episódio II: O Ataque dos Clones (2002). Entre eles estiveram Paul Walker, Ryan Phillippe e Leonardo DiCaprio. O escolhido foi Hayden Christensen, que, ao contrário dos preteridos, nunca estrelou outro sucesso nos cinemas.

25. Efeitos especiais

Star Wars – Episódio III: A Vingança dos Sith (2005) é o único filme da saga Star Wars a não ser indicado ao Oscar de melhores efeitos especiais. Coincidência ou não, ao contrário dos filmes anteriores da série, todas as filmagens de Episódio III foram realizadas em estúdio e não em locações;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/denofgeek
R2D2 e C3PO (Foto: denofgeek)

26. C3-PO e R2-D2

Anthony Daniels (C-3PO) e Kenny Baker (R2-D2) são os únicos atores que participaram de todos os seis filmes da saga;

 

27. Continuação da saga

Durante o desenvolvimento de Episódio VI: O Retorno de Jedi (1983), George Lucas cogitou fazer um final diferente para o filme. Após a morte de Darth Vader, Luke colocaria o capacete do vilão e diria “Agora eu sou Vader”, se juntando assim ao Lado Negro. Pista para o próximo capítulo?

28. BB8

O novo droid BB8 é inspirado em um dos primeiros conceitos de Ralph McQuarrie para R2-D2. Ao invés de uma pequena unidade R2 acoplada a uma grande bola, o conceito original abarcava a ideia de um corpo R2-D2 sem pernas descansando em uma esfera menor. Essa concepção foi abandonada, pois era impossível fazê-la funcionar em meados de 1970;

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/14/2015/12/bb8 robot star wars episode vii
Novo droid BB8 está em “Star Wars: Episódio VII” (Foto: Fox)

29. Star Wars Remix

Uma versão disco do tema de Star Wars se tornou o hit nº 1 das rádios em 1977, e segurou o lugar por duas semanas consecutivas;

30. Bilheterias

Os seis filmes de Star Wars arrecadaram aproximadamente US$ 4,41 bilhões de dólares – isso sem contar todos os brinquedos, desenhos animados, jogos eletrônicos, histórias em quadrinhos e produtos derivados.

'