15 filmes da Alemanha que você precisa assistir

A Fita Branca
A Fita Branca (Das Weisse Band/The White Ribbon, 2009) de Michael Haneke

A Fita Branca (2009): Num vilarejo da Alemanha em 1913, estranhos acidentes começam a ocorrer, numa espécie de rituais punitivos, praticados pelas crianças, como uma parábola sobre o nascimento do nazismo. Prêmio especial em Cannes, vencedor do Globo de Ouro de filme de língua não-inglesa e indicado ao Oscar de filme estrangeiro.

A Onda
A Onda (Die Welle/The Wave, 2008) de Dennis Gansel

A Onda (2008): Retrata uma “lavagem cerebral”, uma experiência pedagógica com base numa pergunta: será de novo possível emergir um regime político semelhante ao nazi-fascismo? Durante sete dias, um Professor propõe aos alunos da sua turma que deverão reproduzir comportamentos baseados nos elementos centrais da ideologia fascista. A pergunta inicial acaba por ser respondida e os comportamentos trazem repercussões inesperadas.

Baader-meinhof
O Grupo Baader Meinhof (Der Baader Meinhof Komplex, 2008) de Uli Edel

O Grupo Baader Meinhof (2008): Na Alemanha dos anos 70, baseado numa história real, a trama descreve o nascimento do grupo terrorista que dá nome ao filme, que em algum momento desvia suas “motivações” e usa uma truculência de maneira injustificável. Indicado ao Oscar e Globo de Ouro de filme estrangeiro.

A Vida dos Outros
A Vida dos Outros (Das Leben der Anderen/The Live of Others, 2006) de Florian Henckel von Donnersmarck

A Vida dos Outros (2006): Na Alemanha Oriental de 1984, em plena Guerra Fria, acompanhamos a espionagem através da visão de um temido agente dos serviços secretos, que começa a ficar fascinado pelas vidas das pessoas espionadas. Oscar de filme estrangeiro e indicado ao Globo de Ouro de filme de língua não-inglesa.

A Queda
A Queda – As Últimas Horas de Hitler (Der Untergang/Downfall, 2005) de Oliver Hirschgbiegel

A Queda – As Últimas Horas de Hitler (2005): Diferente do subtítulo, não vamos acompanhar as últimas horas do ditador alemão, mas sim seus últimos dias antes da queda do nazismo na guerra. Traudl Junge, o secretária de Adolf Hitler, narra os últimos dias do líder alemão, que estava confinado em um quarto de segurança máxima. Indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

Edukators
Edukators (Die fetten Jahre sind vorbei, 2004) de Hans Weingartner

Edukators (2004): Dois jovens acreditam que podem mudar o mundo e se auto-denominam “Os Educadores”. Rebeldes contemporâneos que expressam sua indignação de forma pacífica ao invadir mansões, trocar móveis e objetos de lugar e espalhar mensagens de protesto. Mas quando se juntam à eles uma garota, as coisas podem mudar.

Adeus, Lenin
Adeus, Lenin! (Goodbye, Lenin! 2003) de Wolfgang Becker

Adeus, Lenin! (2003): Fiel devota do regime da Alemanha Oriental tem um ataque cardíaco ao ver o filho participando de uma manifestação e entra em coma. Anos mais tarde, ela desperta após a queda do muro, e com seu país transformado, o filho evita fortes emoções da mãe ao fazer de conta que os comunistas continuam no poder.

O Milagre de Berna
O Milagre de Berna (Das Wunder von Bern, 2003) de Sonke Wortmann

O Milagre de Berna (2003): A histórica vitória da Seleção da Alemanha na Copa do Mundo de 1954, que ficou conhecido como o milagre de Berna, numa referência à cidade suíça onde ocorreu o jogo, são mostradas através da família Lubenski, que vive na pequena cidade de Essen-Katernberg.

A experiencia
A Experiência (Das Experiment/The Experiment, 2001) de Oliver Hirschgbiegel

A Experiência (2001): Durante duas semanas, 20 pessoas são contratados para serem prisioneiros e guardas em uma prisão. As regras são: “prisioneiros” tem que seguir regras leves, e os “guardas” são instruídos a manter ordem sem o uso de violência física. Mas as coisas não ocorrem exatamente como planejado. Nos EUA foi filmado como Detenção (2010).

Anatomia Franka Potente
Anatomia (Anatomie/Anatomy, 2000) de Stefan Ruzowitzky

Anatomia (2000): Uma ambiciosa e brilhante estudante de medicina é aceita numa prestigiosa residência de anatomia alemã. Mas seus sonhos podem se tornar pesadelos ao descobrir que seus colegas de classe são usados como cobaias no necrotério na universidade. Uma nova ordem secreta está sendo organizada pelos médicos, e agora a sua vida corre perigo.

A Princesa e o Guerreiro
A Princesa e o Guerreiro (Der Krieger und die Kaiserin, 2000) de Tom Tykwer

A Princesa e o Guerreiro (2000): Jovem enfermeira Sissi vive uma vida reclusa, mas após seu primeiro encontro com o ex-soldado e andarilho Bodo sua vida muda. Enquanto começa a saber quem é Bodo, Sissi começa a se perguntar se ele pode ser o homem dos seus sonhos, mesmo com seu paciente preso entre um passado traumático e um futuro criminoso.

Lola Rennt
Corra Lola, Corra (Lola Rennt/Run Lola, Run, 1998) de Tom Tykwer

Corra Lola, Corra (1998): Lola recebe um telefonema de seu namorado, Manni, que precisa de 100,000 marcos em 20 minutos, senão é um homem morto. Nos próximos 20 minutos vamos acompanhar em ritmo de música tecno e videoclipe, as tentativas de Lola de mudar a história, com três finais diferentes. Melhor filme para o público no Festival de Sundance.

Asas do Desejo
Asas do Desejo (Der Himmel über Berlin/Wings of Desire, 1987) de Wim Wenders

Asas do Desejo (1987): Na Berlim pós-guerra, dois anjos perambulam pela cidade. Invisíveis aos mortais, eles leem seus pensamentos e tentam confortar a solidão e a depressão de suas almas. Tudo muda quando um dos anjos se apaixona por uma trapezista e deseja se tornar um humano para experimentar as dores e alegrias de cada dia.

Das Boot
O Barco – Inferno no Mar (Das Boot, 1981) de Wolgang Petersen

O Barco – Inferno no Mar (1981): Não, o filme não se passa num barco, e sim num submarino, pois é. Na França ocupada de 1941, a jovem tripulação alemã de um submarino classe U tem a sua noite de despedida antes de partir para a guerra ao mar. Uma obra-prima, de reconstituição perfeita com 100% de tensão. Indicado ao Globo de Ouro de filme de língua não-inglesa, concorreu também ao Oscar de melhor direção, roteiro adaptado, edição, fotografia, som e efeitos sonoros. Há uma versão estendida lançada na Alemanha como uma minissérie.

Kaspar Hauser
O Enigma de Kaspar Hauser (Jeder für sich und Gott gegen alle, 1974) de Werner Herzog

O Enigma de Kaspar Hauser (1974): Kaspar Hauser é um jovem que apareceu na Nuremberg de 1828, quase incapaz de falar ou andar, por ter sido mantido em cativeiro em uma masmorra. Solto por razões desconhecidas, seu benfeitor tenta integrá-lo na sociedade, com resultados intrigantes. Indicado à Palma de de Ouro, venceu os prêmios do Júri Ecumênico, Grande Prêmio do Júri e prêmio especial no Festival de Cannes.