11 filmes bonitinhos sobre a vida após a morte

Um Espirito Baixou em Mim
Um Espírito Baixou em Mim (All on Me, 1984) de Carl Reiner
Na hora de sua morte, uma milionária (Lily Tomlin) tenta transferir a sua alma para o corpo de uma jovem e bela mulher. Mas algo sai errado e seu espírito se incorpora no lado esquerdo de Roger Cobb (Steve Martin), seu advogado, enquanto Cobb fica controlando apenas o lado direito do seu corpo. Uma comédia bem divertida, com Steve Martin mostrando toda sua verve de comediante em uma atuação vibrante.

Os Fantasmas se Divertem Beetlejuice

Os Fantasmas se Divertem (Beetlejuice, 1988) de Tim Burton
Casal (Alec Baldwin e Geena Davis) sofre um acidente de carro e morrem. Sem perceber que estavam mortos voltam para casa, e sem saber como desencarnam, passam a agir de acordo com o manual dos recém-falecidos. Após a ocupação da casa, decidem chamar Besouro-Suco (Michael Keaton), um conhecido fantasma, para se livrarem dos hóspedes indesejados. Só não imaginavam que a garota Lydia (Winona Ryder) se tornaria amiga deles. Besouro-Suco, Besouro-Suco, Besouro-Suco…

Campo dos Sonhos

Campo dos Sonhos (Field of Dreams, 1989) de Phil Alden Robinson
Fazendeiro (Kevin Costner) de Iowa do final dos anos 80 escuta uma mensagem de que tem de construir um campo de baseball sobre seu milharal. E assim “Shoeless” Joe Jackson (Ray Liotta) e companheiros voltam a jogar, pois em 1920 eles foram acusados de entregar o campeonato e impedidos de jogar para sempre. Mas o destino revela que outro fantasma pode retornar.

Além da Eternidade

Além da Eternidade (Always, 1989) de Steven Spielberg
Um aviador (Richard Dreyfuss) que combate incêndios florestais morre em um acidente. Ao chegar no Paraíso é apresentado a um anjo (Audrey Hepburn), que estimula o espírito a voltar como uma aparição invisível. O objetivo é passar seu conhecimento ao jovem sucessor (Brad Johnson), e ajudar o amor da sua vida (Holly Hunter) e seu melhor amigo (John Goodman) a seguirem em frente. Refilmagem de Dois no Céu (A Guy Named Joe, 1943).

Ghost – Do Outro Lado da Vida

Ghost – Do Outro Lado da Vida (Ghost, 1990) de Jerry Zucker
Depois de ser morto em um assalto que deu errado, o amor de Sam (Patrick Swatze) por Molly (Demi More) lhe permite permanecer na Terra como um fantasma. Uma médium picareta (Whoopi Goldberg – Oscar de atriz coadjuvante) passa a ouvir os seus chamados e faz o contato com Molly para tenter descobrir o que aconteceu. Uma bela história de amor sobre um amor de uma fantasma conquistou o mundo e ganhou também o Oscar de melhor roteiro original.

Um visto para o céu

Um Visto para o Céu (Defending Your Life, 1991) de Albert Brooks
Daniel Miller (Albert Brooks) é morto em um acidente de carro e acaba parando na Cidade do Julgamento, uma espécie de Limbo em forma de uma sala de espera da justiça divina após a vida. Neste purgatório conhece Julia (Meryl Streep), uma encantadora mulher, que o faz não querer voltar ao mundo dos vivos. Só que para conseguir ficar nesse “pós-vida”, ele é obrigado a passar por um julgamento e rever a sua vida, onde terá que provar que encarou seus medos na Terra. Com uma excelente dupla de protagonistas, a fita é uma irônica e interessante comédia romântica sobre a vida após a morte.

a morte lhe cai bem

A Morte Lhe Cai Bem (Death Becomes Her, 1992) de Robert Zemeckis
Uma famosa atriz egocêntrica (Meryl Streep) rouba de uma aspirante a escritora (Goldie Hawn) seu noivo (Bruce Willis), um cirurgião plástico. A noiva rejeitada se torna complexada e gorda, mas após 14 anos, ao lançar um livro aparece mais linda do que nunca. O caso desperta a atenção da atriz que, acaba indo se consultar com uma mulher sensual e misteriosa (Isabella Rossellini), que tem uma poção da juventude, porém com efeitos colaterais. Um humor negro de alto nível, efeitos bem especiais (vencedor do Oscar) e um trio de estrelas sensacional. Na festa final, veja quantas celebridades você é capaz de reconhecer.

casper

Casper – Gasparzinho: O Fantasminha Camarada (Casper, 1995) de Brad Silberling
Um perito paranormal (Bill Pullman) e sua esquisita filha (Christina Ricci), aportam num casarão abandonado e povoada por três fantasmas travessos e um amistoso, conhecido como Garparzinho. A adaptação do desenho animado homônimo eé uma sessão da tarde com efeitos especiais

Amor além da vida

Amor Além da Vida (What Dreams May Come, 1998) de Vicent Ward
Chris Nielsen (Robin Williams) e Annie (Annabella Sciorra) e os filhos fazem uma família feliz. Mas os jovens morrem em um acidente e o casal é bastante afetado. Quatro anos depois, Chris morre em um acidente e é enviado para um Paraíso diferente, em forma de um universo particular – e o dele é uma pintura. Enquanto tenta entender, Chris sabe que Annie comete suicídio. Assim, Chris parte em busca de Annie entre o Limbo e o Inferno. Oscar de melhor efeitos especiais, a fita não é bonitinha, mas encanta pela beleza visual e uma belíssima mensagem.

10. e se fosse verdade

E Se Fosse Verdade… (Just Like Heaven, 2005) de Mark Waters
Um solitário paisagista (Mark Ruffalo) recebe em seu apartamento o espírito de uma bela mulher (Reese Whiterspoon), que morava lá antes de morrer. Uma comédia romântica bem bonitinha e que conta com os carismas de Mark Ruffalo e Reese Whiterspoon.

11. A NOIVA CADAVER

A Noiva Cadáver (Corpse Bride, 2005) de Tim Burton
Quando um noivo tímido pratica seus votos de casamento acidentalmente na presença do corpo de uma jovem falecida, ela se levanta da sepultura para consumar o casamento no mundo dos mortos. Indicado ao Oscar de melhor animação. Tim Burton mostra pra gente que o mundo dos mortos é muito mais colorido e divertido que o mundo dos vivos.