10 comédias quase românticas para ver e rever no Netflix

A Proposta (The Proposal, 2009) de Anne Fletcher. Quando a poderosa editora de livros, Margaret Tate (Sandra Bullock), se vê diante da deportação para o Canadá, ela convence seu funcionário (Ryan Reynolds) a fingir um casamento. Ele concorda em participar da farsa, mas com algumas condições. O casal viaja para o Alasca para conhecer a excêntrica família dele e a editora se vê em diferentes situações cômicas.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom (Confessions of a Shopaholic, 2009) de P.J. Hogan. Rebecca Bloomwood (Isla Fisher) é uma garota que adora fazer compras e seu vício a leva à falência. Seu grande sonho é um dia trabalhar em sua revista de moda preferida, mas o máximo que ela consegue é um emprego como colunista na revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando enfim seu sonho está prestes a ser realizado, ela repensa suas ambições.

Ressaca de Amor (Forgetting Sarah Marshall, 2008) de Nicholas Stoller. Com intuito de esquecer a ex namorada famosa, Peter (Jason Segel) viaja para o Havaí. Porém descobre que sua antiga paixão (Kristen Bell), está hospedada no mesmo hotel com seu novo namorado (Russell Brand). Para superar essa crise e as confusões que se meteu, ele contará com uma simpática atendente do resort (Mila Kunis), que está disposta a ajudá-lo.

Ligeiramente Grávidos (Knocked Up, 2007) de Judd Apatow. Alison (Katherine Heigl) é uma promissora jornalista que em uma noite de diversão se envolve com o irresponsável Ben (Seth Rogen). Três meses depois ela descobre que está grávida e o procura novamente, a partir daí começa uma divertida e engraçada vida a três.

Hitch – Conselheiro Amoroso (Hitch, 2005) de Andy Tennant. Alex “Hitch” Hitchens (Will Smith) é um lendário, e propositalmente anônimo, “doutor do amor”, que vive em Nova York. Ele se dispõe a ajudar homens a conquistar as mulheres de seus sonhos. Enquanto trabalha para Albert (Kevin James), um contador que se apaixonou pela socialite Allegra Cole (Amber Valetta), Hitch conhece a mulher que acredita ser sua própria cara-metade: a jornalista Sara Melas (Eva Mendes). Apaixonado, Hitch decide conquistá-la mesmo correndo o risco de ter sua identidade desvendada pelo jornal em que Sara trabalha.

Penetras Bons de Bico (Wedding Crashes, 2005) de David Dobkin. John (Owen Wilson) e Jeremy (Vince Vaughn) são amigos de longa data, sendo que trabalham juntos como mediadores de divórcios. A dupla tem como hobby ir a festas de casamento nos fins de semana sem serem convidados, com o objetivo de seduzir mulheres que se entusiasmam com a simples idéia de se casar. Até que conhecem Claire (Rachel McAdams), uma jovem noiva que é também filha de um influente político (Christopher Walken), que faz com que a dupla entre em sérios apuros. Comédia ainda conta com Bradley Cooper, Isla Fisher e a participação de Will Ferrell.

De Repente 30 (13 Going on 30, 2004) de Gary Winick. John (Owen Wilson) e Jeremy (Vince Vaughn) são amigos de longa data, sendo que trabalham juntos como mediadores de divórcios. A dupla tem como hobby ir a festas de casamento nos fins de semana sem serem convidados, com o objetivo de seduzir mulheres que se entusiasmam com a simples idéia de se casar. Até que conhecem Claire (Rachel McAdams), uma jovem noiva que é também filha de um influente político (Christopher Walken), que faz com que a dupla entre em sérios apuros.

Nove Meses (Nine Months, 1995) de Chris Columbus. Samuel Falkner (Hugh Grant) é um psicólogo infantil que curte crianças apenas no trabalho, e não se imagina como pai. Quando sua namorada (Julianne Moore) engravida, o desespero toma conta dele, que passa a ter pesadelos com a situação. Robin Williams tem uma participação engraçadíssima como o médico que fará o parto do casal.

As Patricinhas de Beverly Hills (Clueless, 1995) de Amy Heckerling. Com o pai advogado, Cher (Alicia Silverstone) tinha tudo para ser uma garota intelectual, mas é, na verdade, uma típica patricinha adolescente. Quando o enteado (Paul Rudd) da família chega para ajudar nos negócios do pai, ela acaba se apaixonando por ele.

Um Príncipe em Nova York (Coming to America, 1988) de John Landis. Eddie Murphy é o Príncipe Akeem de Zamunda, que não aceita se casar com uma mulher que não conhece só para seguir as tradições de seu país. No seu aniversário de 21 anos, ele resolve viajar disfarçado para Nova York, onde buscará seu verdadeiro amor. Estrondoso sucesso de bilheteria, a comédia concorreu ao Oscar de melhor figurino e melhor maquiagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *